terça-feira, 29 de setembro de 2015

Comunidade Quilombo do Cafundó em Salto de Pirapora reconhecida Nacional e Internacionalmente

Comunidade Quilombo do Cafundó em Salto de Pirapora - Foto: Douglas Mansur / Incra

Em 13 de jul de 2011
Símbolo da luta contra a escravidão no Brasil, os quilombos eram comunidades formadas por escravos fugitivos e ex-escravos. O Seu Jornal acompanhou a rotina do Quilombo Cafundó, no interior de São Paulo. 


Incra devolve 122 hectares de terra à comunidade quilombola de Salto de Pirapora


Foto: Adriano Vincler

Quilombolas do Cafundó (SP) recebem concessão de uso da terra

O procedimento antecede a titulação definitiva de posse das terras, que foram reivindicadas inicialmente em 1972 





O Filme Cafundó do ator e diretor Paulo Betti de Sorocaba

SINOPSE: Cafundó é inspirado em um personagem real saído das senzalas do século XIX. Um tropeiro, ex-escravo, deslumbrado com o mundo em transformação e desesperado para viver nele. Este choque leva-o ao fundo do poço. Derrotado, ele se abandona nos braços da inspiração, alucina-se, ilumina-se, é capaz de ver Deus. Uma visão em que se misturam a magia de suas raízes negras com a glória da civilização judaico-cristã. Sua missão é ajudar o próximo. Ele se crê capaz de curar, e acaba curando. O triunfo da loucura da fé. Sua morte, nos anos 40, transforma-o numa das lendas que formou a alma brasileira e, até hoje, nas lojas de produtos religiosos, encontramos sua imagem, O Preto Velho João de Camargo.


O Filme Cafundó completo no You Tube

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Polícia Civil de Salto de Pirapora esclarece homicídio cruel; criminosos mataram um comparsa a marretadas e atearam fogo

Raimundo
Pedro de Alcântara da Silva, apelidado por "Natal ou Taverna" era um dos criminosos mais procurado pela Polícia de Salto de Pirapora, acusado de tráfico de droga e roubos. 


Num dia de eleição, um homem foi votar numa cidade do Rio Grande do Norte e ouviu informação que ele era procurado pela Justiça de São Paulo. Após ser detido, o homem confessou desconhecer porque era procurado. 

A polícia daquele estado solicitou foto do procurado em São paulo, e então ficou esclarecido que o procurado assumiu a identidade do irmão, Pedro de Alcântara. O indivíduo procurado era natural daquele estado e há vários anos estava desaparecido. Sua verdadeira identidade era Jonas Ezequiel Taverna da Silva. 

Esse indivíduo Jonas Ezequiel era procurado pela Polícia de Salto de Pirapora porque era acusado de cometer diversos roubos em Salto de Pirapora e segundo a polícia, o ladrão também agia nos municípios vizinhos: Piedade, Votorantim, Sarapuí e Pilar do Sul. 


Antes de saber que estava procurado, Jonas Ezequiel se escondia no Bairro Teixeira, periferia de Salto de Pirapora, mas sabendo que a polícia estava em seu encalço ele desapareceu.


Criminoso é morto

Diogenes
Em 13 de outubro de 2014, a polícia encontrou um corpo masculino carbonizado na estrada do Bairro Juncal, em Salto de Pirapora. Análise de perícia identificou que a vitima era Jonas Ezequiel Taverna da Silva, (o homem que assumiu a identidade do irmão Pedro Alcântara da Silva).

Crime esclarecido

O trabalho de investigação da Polícia Civil de Salto de Pirapora identificou os autores do bárbaro homicídio. Em julho de 2014, Jonas Ezequiel o "Natal ou Taverna" se ajustou com Raimundo Medina de Azevedo, 46 anos (idade atual) e com Diogenes Francisco da Silva, 36 anos (idade atual) e foram roubar uma residência no Bairro Jucurupava, em Salto de Pirapora. Raimundo ficou dentro do carro, Diogenes fazendo "cobertura" e o comparsa Jonas Ezequiel invadiu o interior da casa e efetuou o roubo.

Jonas Ezequiel, o "Natal ou Taverna"
Isto acendeu a íra dos dois que planejaram assassinar o comparsa Jonas Ezequiel. Eles convidaram o comparsa para beber numa casa do Bairro Santa Maria na mesma cidade, Jonas Ezequiel embriagou-se deitou, seus comparsas mataram-no com marretadas na cabeça depois fizeram uma cova, lançaram o corpo, jogaram 5 litros de gasolina e atearam fogo. Dias depois exalava odor insuportável, Raimundo e Diogenes retiraram os restos mortais e levaram para o local que o corpo foi encontrado na estrada do Bairro Juncal, em Salto de Pirapora.


Captura dos criminosos

A justiça mandou prender os dois temporariamente por 30 dias. Na quarta-feira (23/09), Forças de Segurança de Salto de Pirapora foram até a residência de Raimundo no Bairro Ana Guilherme e prenderam-no. No final da tarde de quinta-feira (24/09), os policiais civis Antonio, Caçador e Thiago se dirigiram a uma construção onde o pedreiro Diogenes estava trabalhando no Bairro Cocais, em Sarapuí e prenderam Diogenes. Ouvidos os dois na Delegacia, eles confessaram o crime. Eles estão recolhidos em unidades prisionais da região de Sorocaba.

Prefeitura de Salto de Pirapora é obrigada a reintegrar guardas municipais que sofreram demissão desmotivada



Em 2010, o comando da Guarda Municipal de Salto de Pirapora adquiriu coletes balísticos e forneceu aos guardas, mas condicionou que os guardas deveriam pagar parceladamente por cada colete; às parcelas R$ eram pagas ao então comandante da Guarda, Claudio Ciochette. 

Descontentes com essa situação por entenderem que à Corporação deveria fornecer os coletes, três guardas reclamaram o caso no Ministério Público, que requisitou informação do comandante a respeito do caso. Segundo afirmação dos guardas, a reclamação no MP aborreceu o comandante Claudio Ciochette, resultando em perseguição os guardas. 

Claudio Ciochette argumentou ao prefeito da época Joel David Haddad, que os três guardas: Carlos Antonio Cavalcante Sobrinho, Erico Leandro de Souza e Cristiano Aparecido Braga haviam produzido uma filmagem dele (o comandante Claudio) oferecendo carona a uma mulher, e por causa dessa tal filmagem os guardas estariam chantageando o comandante, ameaçando divulgar às imagens. 

A versão do comandante era que a tal filmagem denotaria situação de relação afetiva. Após dizer isso na Prefeitura, o comandante conseguiu convencer à administração para instaurar um processo administrativo disciplinar (PAD). Ao final da instrução do processo administrativo em março de 2011, aconteceu exoneração dos guardas sob o crível da suposta chantagem.

                                      Queda de Braço no Fórum

Após a publicação da portaria sobre as demissões, os três guardas constituíram o advogado Daniel Henrique Mota, que ajuizou ação no Fórum Distrital de Salto de Pirapora sustentando que os guardas sofreram perseguição e posteriormente demissão desmotivada, razão pela qual solicitou reintegração dos guardas ao efetivo da Guarda como também o pagamento dos salários e outros benefícios encorporados ao vencimento e indenização por dano moral. Inicialmente a justiça negou a liminar.

Durante à instrução a Prefeitura não conseguiu provar a existência da tal filmagem, e mais, a justiça ouviu testemunhas que foram unânimes em afirmar que os guardas sofriam perseguição exercida pelo comandante Claudio Ciochette. Esses dois fatores foram fundamentais para a justiça determinar que a Prefeitura deve reintegração os três guardas e pagar salários e benefícios encorporados ao vencimento, durante o período que estão exonerados e ainda está obrigada a pagar R$ 5 mil a cada um dos guardas pelo dano moral causado. 

A decisão ocorreu em agosto de 2015; certamente a Prefeitura deverá recorrer ao Tribunal-SP, porém, terá que reintegrar os guardas. O restante da decisão a Prefeitura só será obrigada a desembolsar após o processo transitar em julgado (não havendo mais recurso para apelar).

                                       No Tribunal-SP

 Recorrendo no Tribunal, a Prefeitura vai tentar reverter a decisão ao seu favor, se o acórdão do Tribunal for favorável à tese da Prefeitura os guardas serão exonerados novamente, do contrário eles permanecem na função, nesse caso cabe à Prefeitura recorrer no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília.

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Miguel Marcello Sobrinho é novo presidente da Câmara

Vereador Miguel Marcello Sobrinho (PSDB) - Foto: Divulgação Jornal da Cidade
Na noite do dia 22, terça-feira, foi realizada a eleição para escolher os novos membros da mesa diretora, da Câmara de Salto de Pirapora.
Os vereadores que disputaram o cargo de presidente foram Miguel Marcello Sobrinho (PSDB) e Donisete Correa Barbosa (PT), sendo eleito o vereador Miguel por cinco votos a três. Para secretário estavam concorrendo Alex Ferreira de Souza (PT) e Izarildo Moreira Farrapo (PDT), sendo eleito Izarildo por cinco a três, igualmente. A vereadora Keli Luciana Ortiz (PDT) estava ausente na sessão.
“Nós não estamos tristes por perder, já sabíamos disso. Mas estamos com a sensação de dever cumprido, por pelo menos tentar. Espero que os novos membros da mesa façam um bom mandato e saibam que estamos aqui para ajudar e, se precisar, para criticar também”, disse Donisete Correa.

Identificado pela Civil quem conduziu automóvel em Salto de Pirapora que provocou acidente resultando em morte de adolescente



Em 05 de setembro de 2015, um Chevette de cor branco atropelou um ciclista quando o mesmo transitava pelo km 119,5 da rodovia João Leme dos Santos (SP-264), próximo da entrada do Bairro São Manoel, em Salto de Pirapora.

Após o acidente, o condutor do automóvel não socorreu a vitima e fugiu do local. O adolescente Clayton Silva de Lima, 17 anos, morador do Bairro Ana Guilherme, em Salto de Pirapora, foi levado ao Hospital Regional, em Sorocaba; ele esteve internado, porém, não resistiu e faleceu no hospital. 

O setor de investigação da Delegacia de Salto de Pirapora, investigou o caso e conseguiu identificar que o carro era conduzido pelo ajudante de caminhão, iniciais O. A, que reside no Parque Pirapora na mesma cidade (nome do condutor omitido por entender que trata-se de caso sem dolo, e  o responsável não é nocivo a sociedade). 

O suspeito atendeu intimação da polícia, ao comparecer na Delegacia confessou que conduziu o veículo e alegou que não socorreu a vitima porque sentiu medo de sofrer violência física por parte de populares. Ele está indiciado por homicídio culposo e fuga do local de acidente (artigo 302 e 305 do Código de Trânsito Brasileiro), responde também por omissão de socorro crime previsto no artigo 135 do Código Penal.

Trabalhadores paralisam obras na SP-264 por uma hora


23/09/2015

Cerca de 70 trabalhadores contratados pela construtora Sobrenco Engenharia e Comércio para a execução das obras de duplicação da rodovia João Leme dos Santos (SP-264), que liga Sorocaba a Salto de Pirapora, cruzaram os braços nesta manhã de quarta-feira, dia 23, em protesto ao não pagamento dos salários devidos pela empresa. Desde o começo do mês, estão sem receber, e a promessa da empresa é de que pagará os atrasados no dia 30 de setembro, próxima quarta-feira.

Os funcionários chegaram ao canteiro de obras da construtora, situado perto do trevo do campus Sorocaba da UFSCar, às 7h, e ficaram inertes até às 8h, somente retomando as atividades com a garantia de que receberão na próxima semana. Já não é a primeira vez que a Sobrenco atrasa os pagamentos. Em agosto, os trabalhadores ficaram 28 dias sem receber.

Eles, que pedem para não ter os nomes divulgados na reportagem, afirmam que querem trabalhar, mas que precisam pagar as contas e terem condições de ir trabalhar também, pois até mesmo a ajuda de custo para aqueles que vão ao trabalho de condução própria está atrasada. Disseram, ainda, que a empresa os ameaçou de terem o dia descontado do salário e da ajuda de custo caso voltem a protestar.

Na quinta-feira da semana passada, a Sobrenco foi procurada pela reportagem, bem como o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), por conta dessa situação. A assessoria de comunicação do Sindicato da Indústria da Construção Pesada do Estado de São Paulo (Sinicesp), que representava a empresa, afirmou que um problema de fluxo de caixa da construtora foi o motivador desse atraso, porém, tudo estaria regularizado no começo desta semana. 

No mesmo dia, uma funcionária de dentro da empresa informava que o governo estadual não estaria repassando os recursos em dia, por isso o atraso, destacando, inclusive, que o Estado só pagaria no dia 25 de setembro, sexta-feira, mas que era apenas uma previsão. O DER afirmou que os valores estão sendo pagos em dia pelo governo estadual e que vem se esforçando para garantir que os dois lotes da duplicação sejam entregues até abril de 2016. Sobre a liberação de R$ 12 milhões divulgada pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB), no dia 24 de julho, em São Roque, o DER diz que o recurso está autorizado, mas que antes passa por trâmites burocráticos no momento.

O DER e a Sobrenco, por meio do Sinicesp, foram questionados pela reportagem a respeito da paralisação de hoje e da não regularização dos pagamentos, mas até o fechamento desta reportagem não haviam dado uma posição.

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Ana Maria Braga mergulha de vez no mundo pet, ao lado do cão Magnus

Apresentadora gravou um filme publicitário para a marca Magnus.
Ela contracenou com o mascote da empresa, num roteiro leve e divertido.

Mascote Magnus e apresentadora Ana Maria Braga se divertiram durante as gravações (Foto: Divulgação)
Alegres, encantadores, companheiros. Quem não se alegra ao ver um pet? Não é à toa que eles movimentam um dos setores que mais crescem em nossa economia. Entre as inúmeras empresas deste setor, uma das maiores do País está localizada na região de Sorocaba (SP), no município de Salto de Pirapora: a Adimax Pet, fabricante de alimentos para cães e gatos.

Em constante crescimento e ganhando o mercado nacional, a empresa é conhecida por seu carro chefe, a Magnus, com uma linha completa de produtos. A marca é representada por um cão da raça Bernese, que se tornou o mascote da empresa, o Magnus. A qualidade e popularidade de Magnus ganharam ainda mais peso com a parceria firmada com uma das apresentadoras mais populares do País, Ana Maria Braga.

Dupla posou para as lentes na cidade de São
Paulo (Foto: Divulgação)
A paixão e preocupação de Ana Maria com os pets atraiu a atenção da empresa e a qualidade dos produtos Magnus foi a responsável pela reciprocidade da apresentadora com a marca. Foi firmada, então, a parceria que já é um sucesso. Ao lado do mascote, o Magnus, a apresentadora estampa toda a identidade da empresa, com o slogan “De sabor, eles entendem”.

A frase faz analogia às especialidades de Ana Maria Braga e Magnus. Cada um em seu setor é referência em alimento de qualidade. A marca é conhecida por ter uma comunicação leve, bem-humorada e lúdica, características que continuam presentes na nova campanha da Magnus. São diversos veículos utilizados para a divulgação, como outdoors, anúncios em revistas, rádios, materiais promocionais e frota da empresa.

Entre os muitos materiais desenvolvidos, o carro chefe é o filme publicitário. Para dar vida ao roteiro, uma super produção foi armada e as captações aconteceram em três dias, nas cidade de São Paulo e Sorocaba. Com uma grande equipe, muitos equipamentos e todo cuidado, as cenas foram captadas em ambientes externos e em estúdio, com uma finalização impecável em 3D.

Campanha de Magnus com Ana Maria Braga teve finalização impecável em 3D (Foto: Divulgação)
O clima das gravações não podia ser melhor. O que mais se ouviu foram risadas de Ana Maria Braga e de toda a equipe com o jeito brincalhão do mascote Magnus, que já é muito conhecido entre os artistas e leva a fama de ser o cão mais famoso do Brasil. Ana, mais uma vez, não economizou nos carinhos com o cão, comprovando sua paixão pelos animais. Para ver como ficou o filme é só entrar o canal da Magnus clicando aqui, acessar o site, ou as redes sociais, com fotos oficiais.



Família é feita refém por grupo encapuzado em Salto de Pirapora

Criminosos renderam e trancaram em quarto o caseiro e moradores.
Segundo a Polícia Militar, foram levados R$ 3 mil e outros objetos.

Imagem ilustrativa - Montagem Blog Adriano Vincler
A Polícia Militar procura por nove criminosos encapuzados e armados que invadiram uma residência no bairro Fazendinha, em Salto de Pirapora (SP), na noite desta segunda-feira (21). Segundo informações da Polícia Militar, eles renderam e trancaram em um quarto o caseiro e os moradores.

Ainda de acordo com a polícia, foram levados pelos assaltantes R$ 3 mil em dinheiro, além do veículo da família, cartões de crédito e outros objetos. A polícia continua a busca pelos criminosos, mas até a manhã desta terça-feira (22) ninguém havia sido preso.


Bairro da Fazendinha - Foto: Arquivo Blog Adriano Vincler

Concurso Público em Salto de Pirapora - Aberta as inscrições

As inscrições serão feitas exclusivamente via internet, no site www.consesp.com.br no período de 18 de setembro a 02 de novembro de 2015, devendo para tanto o interessado proceder da seguinte forma:

- Clique aqui e veja no edital.


Clique aqui para ver a imagem ampliada!

R$ 187 milhões serão pagos a 332 mil aposentados e pensionistas



A primeira parcela do 13º salário dos aposentados e pensionistas da região de Sorocaba deve injetar aproximadamente R$187 milhões na economia. 

A estimativa é feita com base em dados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e abrange as agências da Previdência Social em Itapetininga, Itapeva, Itu, Salto, São Roque, Sorocaba, Tatuí, Votorantim, Boituva, Capão Bonito, Piedade, Apiaí, Guapiara, Itararé, Porto Feliz, São Miguel Arcanjo, Cabreúva, Pilar do Sul e Salto de Pirapora

São mais de 332 mil beneficiados, que devem receber, a partir de 24 de setembro e até o dia 7 de outubro, 50% do valor do benefício. Os outros 50% serão pagos em dezembro, com o valor do benefício referente ao mês de novembro.

Veículo furtado é recuperado pela GCM de Salto de Pirapora

Foto: Divulgação GCM Salto de Pirapora

O cidadão Antonio Vando da Silva, residente no Jardim Nova Pilar, em Pilar do Sul, saiu daquela cidade em seu Fiat Tipo de cor cinza, para tomar banho num lago do Bairro Quintas de Pirapora I, em Salto de Pirapora, não se sabe o por quê ele deixou o carro próximo ao lago e retornou para Pilar do Sul, no domingo (20/09).


Na manhã seguinte (21/09), Antonio Vando retornou para pegar seu carro, no Bairro Quintas de Pirapora, mas não encontrou o veículo. Alguém localizou o automóvel colidido num barranco situado na Rua Caquizeiros, no mesmo bairro e acionou a Guarda Civil de Salto de Pirapora. Os guardas se dirigiram ao local e recuperaram o veículo. Após o registro o automóvel foi entregue ao proprietário.

sábado, 19 de setembro de 2015

Automóvel bate em ciclista em Salto de Pirapora e condutor do automóvel não presta socorro

O bairro Piraporinha fica as margens da rodovia João Guimarães SP-104/79 (Rodovia do Minério)

Um automóvel ainda não identificado atingiu um ciclista, que transitava próximo da Escola Municipal do Bairro Piraporinha, na zona rural de Salto de Pirapora. Quase 20h do sábado (19/09), quando o acidente aconteceu; após a colisão o motorista do automóvel conduziu o veículo e fugiu, sem prestar socorro a vitima.

O adolescente Gledson Matheus Queiroz Vieira de 15 anos, morador daquele bairro, sofreu lesões nos braços e nas pernas, ele foi levado por seus familiares ao pronto-atendimento da Santa Casa da cidade, onde fora atendido. O acidente está registrado na Polícia Militar, e será reclamado na Delegacia da cidade.



Governo não libera recursos para obra na SP-264

Foto arquivo - 4 de dezembro de 2013 (Foto: Fernando Rezende)
A liberação de R$ 12 milhões para agilizar as obras de duplicação da rodovia João Leme dos Santos (SP-264), anunciada pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) em 24 de julho, durante solenidade em São Roque, ainda não aconteceu, segundo o Departamento de Estradas de Rodagem (DER). Enquanto isso, trabalhadores contratados pela construtora Sobrenco Engenharia e Comércio, responsável pelo lote 1 da duplicação dessa rodovia, que liga Sorocaba a Salto de Pirapora, reclamam do atraso nos pagamentos dos salários. Neste mês, já vão para quinze dias que estão sem receber. No mês de agosto, foram 28 dias de espera. O grupo de funcionários, que pediu para não ser identificado na reportagem, tinha a expectativa de receber na sexta-feira. 

  
Procurada pelo jornal, a empresa Sobrenco informou que o pagamento só deverá acontecer mediante repasse dos valores pelo governo do Estado de São Paulo. Em um primeiro contato feito com a empresa, no final da manhã de quinta-feira, a informação era de que o governo estava atrasando os pagamentos para a empresa. À noite, porém, a empresa manteve contato com o jornal por meio da assessoria de comunicação do Sindicato da Indústria da Construção Pesada do Estado de São Paulo (Sinicesp), cujo presidente é diretor da Sobrenco, Silvio Ciampaglia, informando que, na verdade, não há atrasos de pagamento por parte do governo estadual, o que houve foi um contratempo no fluxo financeiro da empresa, mas que os pagamentos serão regularizados até o começo da próxima semana. 
  
O DER confirmou que de fato ainda não houve a liberação do recurso porque esse processo tem de obedecer a trâmites legais.O departamento ressaltou que empreende todos os esforços necessários para concluir os dois lotes que fazem parte do empreendimento até abril de 2016, porém, não explicou os motivos dos atrasos apontados pelos funcionários e empresa. A Sobrenco assinou contrato para dar continuidade às obras no trecho de Sorocaba, no dia 16 de setembro de 2014, portanto, há pouco mais de um ano, depois que a construtora anterior abandonou as obras.

Motociclista colide em caminhão no Campo Largo


Segundo informações, um motociclista colidiu com um caminhão na rua Santa Catarina esquina com a rua Paraná no bairro Campo Largo.

O caminhão atravessou o cruzamento das ruas, e o motociclista que estava na preferencial da via atingiu a lateral do caminhão, o motociclista foi socorrido pela ambulância e levado a Santa Casa de Salto de Pirapora, o motorista do caminhão não se feriu.

Não foi obtido a informação do nome e estado de saúde do motociclista até o momento.

As fotos e informações foram enviadas via WhatsApp Pelo Alexandre Oliveira que estava no local e fez o registro do fato ocorrido.






No mesmo local em 26 de abril de 2015, ocorreu um acidente inusitado, veja mais abaixo.

Saiba Mais:

Carro fica em cima do outro após acidente no bairro Campo Largo



Cavalo fica atolado e enroscado na vegetação de um lago no centro de Salto de Pirapora


Cavalo fica atolado e enroscado na vegetação de um lago no centro da cidade.


Na sexta-feira 18/09, a GCM (Guarda Civil Municipal) atendeu uma ocorrência no centro da cidade. Um cavalo ficou atolado e enroscado nas vegetações de um lago localizado no antigo forno de cal desativado entre o centro e o Jardim Ana Guilherme, graças a ajuda dos GCMs o cavalo foi resgatado e não se afogou.

As fotos e informações foram enviadas via WhatsApp Pelo Everson Mineiro que passava pelo local e fez o registro do fato ocorrido.






quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Moradores não veem obras agilizadas na SP-264


Uma passarela no trevo de acesso ao bairro Jardim Tatiana, no km 103,3, da rodovia João Leme dos Santos (SP-264), que liga Sorocaba a Salto de Pirapora, e que foi parcialmente fechado pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) em 1º de setembro, começará a ser construída a partir de novembro, conforme informações do DER. O departamento também adiantou que não será mais necessária a doação de um terreno naquele local para a construção de rotatória e da passarela, pois o projeto passou por mudanças, encontrando-se outra alternativa para a implantação do novo sistema no acesso àquele bairro.



A SP-264 recebe obras de duplicação e melhorias entre os km 102 e 119,5, interligando Sorocaba, Votorantim e Salto de Pirapora. Desde que as obras começaram, mais de uma vez houve problemas na continuidade. Em 24 de julho deste ano, porém, durante solenidade de inauguração de um dispositivo de retorno no km 58 da rodovia Raposo Tavares (SP-270), em São Roque, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou a liberação de R$ 12 milhões para agilizar as obras na SP-264. Na terça-feira, Alckmin esteve em Sorocaba para divulgar o início as obras de construção do Hospital Estadual, oportunidade em que reforçou a liberação dos recursos para a agilização das obras na João Leme dos Santos. 

Segundo o DER as obras ocorrem em dois lotes. O lote 1, que vai do km 102 ao km 109,6, está com 37% concluídos. O prazo de término é abril de 2016. O lote 2 vai do km 109,6 ao km 119,5 e já está com 85% concluídos. O prazo de entrega é março de 2016. 


Motociclista fica gravemente ferido após acidente na SP-264 em Sorocaba

Segundo a polícia, moto bateu em caminhão no quilômetro 104 da rodovia.
Tráfego ficou lento e vítima foi levada ao hospital.

Um homem ficou gravemente ferido depois de um acidente entre uma motocicleta e um caminhão, na manhã desta quinta-feira (17), na Rodovia João Leme dos Santos, estrada que liga Sorocaba a Salto de Pirapora (SP). De acordo com informações da Polícia Rodoviária, a colisão foi no quilômetro 104 e o tráfego ficou lento por conta de curiosos que desaceleravam para ver o acidente.

Com o impacto, o motociclista sofreu ferimentos graves e foi encaminhado ao Conjunto Hospitalar de Sorocaba, onde permanece internado. O estado de saúde dele não foi divulgado. O motorista do caminhão não ficou ferido. Ainda segundo a polícia, as causas do acidente são investigadas e a rodovia não precisou ser interditada.

Trabalhadores dos Correios na região de Sorocaba aderem à greve nacional

Categoria reivindica reajuste salarial e manutenção do convênio médico.
Regiões Norte e Oeste são as mais afetadas pela paralisação na cidade.

Agência dos Correios em Salto de Pirapora - Foto: Arquivo Blog Adriano Vincler 
Cerca de 50 funcionários dos Correios de Sorocaba (SP) aderiram à greve nacional da categoria nesta quarta-feira (16). De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos (Sintect), as regiões Norte e a Oeste da cidade serão mais afetadas pela paralisação.

As atividades não foram interrompidas nos Centro de Distribuição da Zona Leste, Centro e nos Centro de Encomendas, porque, segundo o Sintect, apenas oito funcionários entraram em greve nos três locais.

Na região, a greve também atinge outras três cidades. Itu (SP) está com 16 funcionários paralisados; Votorantim (SP) contabiliza seis e Salto de Pirapora (SP) tem quatro carteiros em greve. Ainda segundo o sindicato, a paralisação será mantida por tempo indeterminado.

A categoria pede reposição da inflação mais reajuste de 10% no salário, contratação de mais 250 funcionários na cidade de Sorocaba, manutenção do convênio médico, entre outras.

Os trabalhadores que optaram pela greve votaram contra a proposta apresentada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). Ela prevê R$ 200 de aumento linear para todos os trabalhadores, em forma de gratificação, a ser paga da seguinte maneira: R$ 150 a partir de agosto de 2015 e mais R$ 50 a partir de janeiro de 2016, com incorporação de 25% dos R$ 200 em agosto de 2016.

A proposta do TST também propõem o reajuste de 9,56% nos benefícios vale cesta, vale-alimentação/refeição, auxílio para dependentes especiais e auxílio creche/babá a partir de agosto de 2015; incorporação de R$ 150 da Gratificação de Incentivo à Produtividade, que, segundo os Correios, já está sendo paga desde o ano passado, sendo R$ 100 em janeiro de 2016 e R$ 50 em maio de 2016 e a manutenção do plano de saúde.

De acordo com o diretor do sindicato da categoria, Gilmar Gomes, uma assembleia entre as partes será realizada na próxima segunda-feira (21), em São Paulo. Porém, o sindicato espera que os Correios entrem em contato para acertar os termos, antes da assembleia.

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Jurandir Matos renuncia a presidência da Câmara Municipal

vereador Jurandir Matos
Foto: Arquivo Adriano Vincler
Ontem à noite (15), na Câmara de Salto de Pirapora, o vereador Jurandir Matos de Almeida (PMDB) não presidiu a sessão, sendo feita pelo vice Sérgio Ventura (PT). 

De acordo com documento lido, ex presidente alega motivos pessoais para não mais continuar atuando no cargo. “Recentemente eu fiquei 14 horas internado por ser acometido por um angina. Quase precisei fazer cateterismo, mas graças a Deus não foi preciso. Acho melhor por o pé no freio e cuidar melhor da minha saúde”, relatou o vereador em entrevista ao Jornal da Cidade.

Há cerca de quase um mês, o vereador Alex Ferreira (PT), anunciou durante a sessão que havia sido feito o pedido para que Jurandir Matos renunciasse, após uma discussão que aconteceu entre alguns membros da Casa Legislativa. Como ele não aceitou, Alex Ferreira apresentaria então um pedido de desistituição do cargo do então presidente.

O secretário, Miguel Marcello Sobrinho (PSDB), também renunciou ao cargo, pois pretende pleitear a presidência. Até o dia 18, sexta-feira, estão abertas as inscrições para as duas funções.

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Automóvel roubado é encontrado queimado na zona rural de Salto de Pirapora

Foto: Divulgação GCM Salto de Pirapora

Denúncia anônima informou na terça-feira pela manhã (15/09), que havia um veículo totalmente destruído por chamas, no interior de uma propriedade particular do Bairro dos Castanhos, na zona rural em Salto de Pirapora.

Os guardas civis Andrei, Maurício e Carlos se dirigiram ao local e encontraram o veículo queimado. Mediante pesquisa souberam que o Fiat Palio ano 2001 havia sido roubado no dia 09 de setembro de 2015.

 O roubo ocorreu quando o automóvel trafegava pela rodovia Francisco José Ayub (SP-264) no trecho entre Salto de Pirapora e Pilar do Sul. Naquela data, dois criminosos numa motocicleta renderam um aposentado de 67 anos, que reside no Bairro Quintas de Pirapora e levaram o veículo.







Ladrões em motocicleta rouba carro de aposentado na rodovia SP-264



Metade da Região Metropolitana de Sorocaba deve ter queda de ICMS


Dados da Fazenda do Estado revelam que 50% dos municípios que integram a Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) devem ter menor participação na partilha do Imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICMS) em 2016, já que 13 municípios apresentaram variação negativa entre os índices dos anos de 2013 e 2014, calculados pela pasta. Embora provisórios, podendo ser alterados ao longo do ano, os dados constituem o Índice de Participação dos Municípios (IPM), que define os repasses do ICMS para as 645 cidades paulistas no ano que vem. Os repasses de ICMS às cidades são liberados de acordo com os respectivos IPMs, conforme determina a Constituição Federal. Para a definição do índice são levados em consideração critérios como população, receita tributária própria, área agricultada, área ocupada pelos reservatórios de energia elétrica, área protegida e valor adicionado, representando a diferença entre a compra dos insumos e comercialização dos produtos acabados, entre outros índices em 2013 e 2014. 
  
Ranking negativo - Entre as cidades da RMS com variações negativas, Boituva foi a que apresentou queda acentuada: 14,03%. Em seguida, aparecem Tapiraí (-7,72%), Araçariguama (-4,37%), Iperó (-3,78%), Mairinque (-3,64%), Tatuí (-3,65%), São Roque (-3,5%), Cesário Lange (-2,99%), Salto de Pirapora (-2,49%), Jumirim (-1,68%), Ibiúna (-1,34%), Cerquilho (-0,84%) e Votorantim (-0,7%). Apesar de positiva, a variação de Sorocaba foi 0,7%. Os municípios com variações positivas mais altas são Alumínio, com 25,18%, e Alambari, 13,55%. 
  
Impugnações - O IPM preliminar foi apurado com base nas informações sobre a atividade econômica dos municípios em 2014. As prefeituras têm 30 dias para apresentar pedidos de impugnação dos índices apontados, a contar da data da publicação no “Diário Oficial”. A pasta continuará analisando as informações enviadas pelas administrações municipais a fim de identificar possíveis incorreções.

Salto de Pirapora tem um dos maiores índices de vulnerabilidade social na Região Metropolitana de Sorocaba - RMS

Vulnerabilidade social cai 24% em Sorocaba


A auxiliar de limpeza Joana D'Arc dos Santos conviveu durante anos com um cano passando pela sala de sua casa, conduzindo o esgoto de toda a rua onde mora, no Jardim Marli, para um córrego. Ela conta que sofria cada vez que dava infiltração, por isso hoje comemora o benefício de ter saneamento básico em seu bairro. Em dez anos, de 2000 a 2010, Sorocaba teve o Índice de Vulnerabilidade Social (IVS) reduzido em 24%, conforme os dados divulgados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), na semana passada. Isso significa que mais pessoas estão tendo acesso a serviços de infraestrutura urbana, capital humano (saúde e educação) e renda e trabalho. No ano 2000, o índice registrado na cidade foi de 0,364, tendo diminuído para 0,277 em 2010. Já nas 26 cidades da Região Metropolitana (RMS), incluindo Sorocaba, a redução foi de 32%: em 2000 o índice registrado foi de 0,352, caindo para 0,237 em 2010. Quanto menor o índice, maior a qualidade de vida da população.


A definição de vulnerabilidade social em que se concentrou o estudo do Ipea diz respeito ao acesso, à ausência ou à insuficiência de serviços, os quais deveriam, a princípio, estar à disposição de todo o cidadão, por força da ação do Estado. Em todo o Brasil, a vulnerabilidade social foi reduzida em 27%. 

Na RMS, as cidades que concentram os menores índices de vulnerabilidade social são Cerquilho, com 0,126; Tietê, com 0,139 e Jumirim, com 0,143. Vale destaque para Capela do Alto, que em dez anos reduziu o índice em 29,5%, indo de 0,420 para 0,296. Já as que têm os mais altos índices são Salto de Pirapora, com 0,315; Tapiraí, com 0,325 e Ibiúna, com 0,308. 

Para o professor de sociologia da Uniso, Olavo Henrique Furtado, doutor em Ciências Sociais e Sociologia do Trabalho e mestre em Ciência Política, a redução da vulnerabilidade social em Sorocaba e nas cidades da RMS é uma notícia boa, mas é notícia velha. Olavo afirma que os dados deveriam ser divulgados antes, e não com um atraso de cinco anos, para que pudessem viabilizar políticas públicas nas regiões que mais carecem de atenção e mesmo serem melhorados os índices das cidades que já estão caminhando para uma melhor qualidade de vida da população. Olavo acredita que nesse intervalo de cinco anos muita coisa pode ter mudado, ainda mais com a crise econômica. "Cinco anos faz muita diferença. Como é uma pesquisa antiga, você fica no achismo, mas é um bom avanço", observa. 

Arquivo

Top 10 - Fatos e acontecimentos