Salto de Pirapora Notícias 2017

Salto de Pirapora Notícias 2017
Clique na imagem!

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Deputado recebe vereadores petistas de Salto de Pirapora

O deputado estadual Hamilton Pereira (PT) recebeu em seu escritório político na última sexta-feira, dia 21, a visita dos vereadores de Salto de Pirapora Donisete Correa Barbosa (Lilico) e Sérgio Ventura (Siri do Gás), ambos do PT. Na ocasião, os parlamentares falaram sobre as principais demandas do município e emendas ao Orçamento do Estado.

Hamilton explicou que o Orçamento para o próximo ano chega à Assembleia Legislativa em setembro e então começam as indicações para emendas pelos deputados. "É nesse momento que utilizamos todo o material que os prefeitos e vereadores nos trazem e transformamos em emendas em benefício dos municípios", observou. O deputado também reforçou seu compromisso com Salto de Pirapora e se colocou à disposição da bancada petista.

Os vereadores parabenizaram o parlamentar pelos 18 anos como deputado estadual, completados em março deste ano. Sobre as emendas, eles se comprometeram a conversar com o vereador Alex Souza (PT), que não pode comparecer ao encontro, e encaminhar ao deputado as principais demandas do município em conjunto. O petista Adriano Vincler também participou da reunião.

Fonte: Assessoria de Imprensa
 
 

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Acidente complica trânsito na rodovia João Leme dos Santos

Segundo bombeiros, uma mulher ficou presa nas ferragens.

Motorista que segue para Salto de Pirapora (SP) deve ter cautela.
Mulher foi levada socorrida pelo Corpo de Bombeiros (Foto: Reprodução / TV Tem)

Um carro capotou no início da manhã desta quinta-feira (27) na Rodovia João Leme dos Santos, próximo a Salto de Pirapora (SP). De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma mulher de 35 anos - a motorista do veículo - ficou presa nas ferragens.

Por causa do acidente, o trânsito é complicado na altura do km 112. Portanto, os bombeiros pedem cautela ao motorista que vai passar por essa região.

A vítima foi socorrida pelos bombeiros e levada ao Hospital Regional de Sorocaba (SP) com uma fratura na clavícula.

Acidente na SP-264 deixa motociclista gravemente ferido

Um motociclista foi internado em estado grave após bater de frente com um carro que cruzava a rodovia João Leme dos Santos (SP-264), na tarde desta quarta-feira (26), em Sorocaba.

O acidente ocorreu no km 104, às 13h40, momento em que o motorista de um Honda Fit (placas DIW-0079, de Sorocaba), que seguia sentido Piedade, tentou atravessar a pista para passar ao sentido Sorocaba. A motocicleta, uma Yamaha YBR Factor (FBE-5895, de Piedade), foi de encontro ao carro.

O condutor da moto foi socorrido com ferimentos graves e levado ao Hospital Regional. No carro havia um casal, que foi protegido por airbags acionados no instante da colisão e não sofreu ferimentos.
Carro e moto bateram de frente na altura do km 104 - Por: Adival B. Pinto
Veja todas as fotos - Clique aqui!
 Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Bridgestone retoma atividades no galpão da Indusback em Salto de Pirapora

Reativação do galpão da Indusback/Bandag pelo Grupo Firestone movimentará R$ 100 milhões até o final de 2013, gerando impostos e empregos a Salto de Pirapora
(Foto: Divulgação)
Estiveram na Prefeitura de Salto de Pirapora empresários do Grupo Firestone Internacional, para acertar os últimos detalhes da retomada das atividades no galpão da Indusback/Bandag no Distrito Industrial no Município, que há mais de sete anos foram encerradas na cidade. Segundo o secretário municipal de Planejamento, Nivaldo Grohmann Baptista, a Prefeitura local está empenhada nesse início deste novo mandato do prefeito Santelmo Xavier Sobrinho na criação do maior número possível de vagas de emprego para os saltopiraporenses. "Já conseguimos trazer duas novas empresas para a Incubadora do Distrito Industrial e estamos liberando, ainda neste mês, a implantação de mais quatro empresas. Diante disso, temos avaliado todas as concessões existentes no Distrito Industrial, com o objetivo principal de não deixar que empresas ocupem os espaços públicos sem nenhuma produtividade", explica o secretário Nivaldo Grohmann Baptista.

Reunidos com o prefeito Santelmo, os representantes da Firestone-Bridgestone no Brasil, Antero F. Ramos Filho, Luiz Fernando e José Luiz Matos, informaram ao chefe do Executivo que o Grupo é dividido em três áreas: a divisão de fabricação de pneus, a de comercialização e a de produção de diversos produtos de borracha. Contudo, de olho no mercado da construção civil, o Grupo Firestone Internacional está entrando, agora, também na produção de alguns itens desse seguimento no Brasil, pretendendo utilizar o antigo galpão da Indusback/Bandag em Salto de Pirapora para essa nova atividade. A Bandag é uma empresa do Grupo Firestone/Bridgestone no Brasil.

De acordo com o gerente geral do Grupo Firestone/Bridgestone no Brasil, Antero F. Ramos Filho, o investimento inicial para a adequação do prédio e as devidas licenças será de cerca de R$ 1 milhão, com início das atividades em Salto de Pirapora previstas já para o próximo mês de julho. Nessa primeira fase, o Grupo vai transferir a parte de logística da fábrica de Santo André para a unidade de Salto de Pirapora, com previsão modesta de criação de frente de trabalho. No entanto, o movimento financeiro da unidade de Salto de Pirapora será de cerca de R$ 100 milhões até o final de 2013, fato que gerará uma boa arrecadação de impostos ao Município, compensando com folga a exigência da lei municipal que obriga as empresas concessionárias a gerar empregos. 

Na segunda fase do empreendimento, com previsão de 24 meses para o início, o Grupo pretende utilizar a unidade de Salto de Pirapora na produção de itens como divisórias para galpões pré-moldados em grande escala, gerando uma grande quantidade de vagas para os trabalhadores saltopiraporenses. O prefeito mostrou-se, de sua parte, muito feliz com a notícia da reativação do galpão da Indusback/Bandag, pois foi em seu primeiro mandato que a empresa se instalou no Município. "Salto de Pirapora é a bola da vez em nossa região por uma série de fatores, mas principalmente pela duplicação da Rodovia João Leme dos Santos, que nos interliga a Sorocaba. Portanto, nosso trabalho, agora, é transformar nossa cidade em um dos melhores municípios do Estado, tanto em geração de renda, como em qualidade de vida", finalizou Santelmo Xavier Sobrinho.

terça-feira, 18 de junho de 2013

Presidente Dilma fala sobre manifestações

Em cerimônia de lançamento do Marco Regulatório da Mineração, realizada nesta terça-feira (18) no Palácio do Planalto, a presidenta Dilma Rousseff falou sobre as manifestações ocorridas em várias cidades brasileiras na segunda-feira.

Leia mais em http://blog.planalto.gov.br
Meu governo está ouvindo essas vozes pela mudança, afirma Dilma sobre manifestações

Ela citou como exemplo a elevação de 40 milhões de pessoas à classe média. Segundo Dilma, as pessoas mudam porque o Brasil mudou, com mais inclusão, elevação de renda, acesso ao emprego e à educação

Leia a matéria completa em: http://migre.me/f4PWb 
http://sp.transparencia.gov.br/Salto_de_Pirapora

Veja todas as fotos e informações - Clique aqui!

Veja todas as fotos e informações - Clique aqui!

Veja todas as fotos e informações - Clique aqui!



sexta-feira, 14 de junho de 2013

Falta de médicos em postos de Salto de Pirapora, SP, gera reclamações

| Segundo os moradores, alguns postos, apenas as enfermeiras atendem. 
A prefeitura informou que dois novos médicos foram contratados.
Veja o vídeo - Clique aqui!
Os moradores de Salto de Pirapora (SP) reclamam da falta de médicos nos postos de Saúde. Em algumas unidades, apenas enfermeiros fazem o atendimento à população.

No posto de saúde do Centro de Salto de Pirapora um médico começou a trabalhar esta semana, mas os pacientes querem esperar um pouco mais para comemorar. "Nunca se sabe quanto tempo ele vai ficar. Entrou uma doutora aí, ficou poucos dias e foi embora. E já há vários dias que nós estamos sem médicos aqui e no posto, lá em cima também está sem médico", desabafa o aposentado Antônio Pinto.

Na unidade ainda falta um médico. E o problema ocorre em outros dois postos. O atendimento é pelo programa Saúde da Família.

No bairro Santa Maria, dona Marilza levou o Alex para ser examinado. Ela diz que o filho de 2 anos está com tosse. Mas sabia que não seria atendida pelo médico. "A gente e só passa com enfermeiro. Demora um mês e passa com enfermeiro aí se tiver alguma coisa eles passam com a pediatra, mas demora uns dois meses a três para ter a consulta, reclamou a empregada doméstica Marilza Almeida.

Sem médicos, o atendimento nos postos é feito pelas enfermeiras e apenas serviços básicos são realizados, como vacinas, entrega de medicamentos e aferição da pressão arterial. Quem precisa de consulta fica indignado com a situação. "Faz uns três a quatro meses que está assim: gente correndo, pessoas idosas precisando, crianças precisando e tudo tem que correr na Santa Casa. A gente paga imposto, paga tudo pra não ter médico", reclama a professora Cristiane Fryder.

Situação semelhante ocorre no posto do Jardim Silva Barros. Ali moradores de bairros rurais como Fazendinha Arco Íris e Juncal buscam atendimento, mas ficam sem consulta. "A moça do balcão falou: 'A gente não está agendando consulta porque não sabe quando vai ter médico", comenta Maria Rodrigues, dona de casa.

Dona Margarida mostra as anotações das consultas que perdeu em março e maio. Não tinha médico para atender e ela ainda precisa fazer exames, que devem ser pedidos pelo médico. "A recepcionista mandou para outro posto que tinha outro médico pra fazer esse exame", Margarida Ferreira, dona de casa.

A Prefeitura informa que a falta de médicos ocorre em três das dez equipes do programa Saúde da Família. A explicação é de que os profissionais pediram demissão em fevereiro alegando que iriam se dedicar à residência médica, já que eram recem formados. E nesse período dois médicos foram contratados, mas desistiram de atuar.

O médico que trabalha no programa ganha R$ 12.700 por mês e tem que cumprir una jornada de 8 horas por dia de segunda a sexta-feira. Mesmo assim a Prefeitura alega dificuldades em atrair o interesse dos profissionais.

Mas a promessa é de que até o fim do mês dois médicos comecem a trabalhar. "A gente está correndo a trás. A Prefeitura está muito preocupada. Não é porque a gente não está tomando nenhuma posição é porque a gente não tem procura, a gente não tem procura, falta esse profissional no mercado", afirma  Karen Thomaz Gerard, coordenadora do Saúde da Família.

Ainda segundo a coordenadora do Programa de Saúde, nesta sexta-feira começa o processo de admissão de dois profissionais. Eles vão trabalhar nos postos do Centro e do Jardim Silva Barros.

Um médico foi contratado esta semana, mas ainda faltam profissionais na cidade. (Foto: Reprodução/TV Tem)

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Vereadores conseguem verba com deputado para Salto de Pirapora

| Vereador conversa com o prefeito Santelmo para informar sobre destinação de verbas para Salto de Pirapora
O Vereador Sergio Ventura – PT (Siri do Gás) esteve nesta manhã de quinta-feira 13/06 em conversa com o prefeito Santelmo Xavier Sobrinho (PMDB) para lhe informar sobre destinações de verbas ao Município de Salto de Pirapora, dentre elas a verba para a construção da Pista de Skate na cidade em 2014, que se trata de uma emenda parlamentar do Deputado Estadual Hamilton Pereira (PT), além de outra verba destinada para Salto de Pirapora para obras de infraestrutura ainda esse ano no valor de R$150 mil.
 
Os vereadores do PT de Salto de Pirapora, Donisete (Lilico), Professor Alex e Siri do Gás estão em conversa com o Deputado para angariar mais recursos futuros para o Município, para que a população tenha uma melhor qualidade nas áreas da saúde, educação, esporte, cultura, meio ambiente e outras. O primeiro passo foi de construir a Pista de skate, apresentamos o projeto e a verba de R$150 mil, a prefeitura só precisava doar o terreno, no qual o prefeito Santelmo concordou em doar esse terreno para a obra que deverá iniciar no ano de 2014, assim que houver o repasse da verba.

O vereador destaca a precariedade que alguns setores públicos estão atravessando, como a saúde, vamos lutar por mais verbas, para atender todos os setores e melhorar a vida da população, sobre a verba destinada para Salto de Pirapora ainda esse ano no valor de R$150 mil, acrescenta que o prefeito vai avaliar juntamente com seus secretários, onde os recursos serão destinados.

“Fico feliz com o fato de o deputado Hamilton Pereira ter se sensibilizado tão prontamente com o nosso pedido, liberando essa verba logo no início do nosso mandato”. finaliza o vereador Sergio Ventura (Siri do Gás).
Vereador Siri do Gás e o Deputado Estadual Hamilton Pereira (PT)
Vereador Siri do Gás (PT) e o Prefeito Santelmo Xavier Sobrinho (PMDB)

  • Saiba mais sobre o tema Pista de Skate em Salto de Pirapora - Clique aqui!

Qualidade de aterros cai em quatro cidades

| Levantamento da Cetesb comprova a oscilação entre os anos de 2011 e 2012, mas vê esforço por melhorias
Foto: Vereador Sergio Ventura - PT (Siri do Gás) em visita ao aterro sanitário
Os aterros sanitários de Araçoiaba da Serra, Capela do Alto, Piedade e Votorantim caíram de qualidade nas condições de tratamento e na disposição dos resíduos urbanos. A análise faz parte do Inventário Estadual de Resíduos Sólidos de 2012, produzido anualmente pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) e pela Secretaria do Meio Ambiente.

Entre os quatro aterros da região, três estão em condições inadequadas: o de Araçoiaba da Serra, de Capela do Alto e de Piedade. Já a nota de Votorantim caiu de 8,8 para 7,9, entre 2011 e 2012, mas a instalação continua na posição de adequada. Os demais cinco aterros sanitários controlados pela agência de Sorocaba da Cetesb tiveram um aumento na pontuação e permanecem adequados. As instalações são de Ibiúna, Iperó, Salto de Pirapora, Sorocaba e Tatuí.

O gerente da agência ambiental da Cetesb de Sorocaba, Sétimo Humberto Marangon, explica que a situação da instalação de Capela do Alto deve modificar-se nas próximas semanas. "Dada a opção do município em passar a encaminhar os seus resíduos ao aterro da Proactiva Meio Ambiente Brasil Ltda., situado em Iperó", diz.

Marangon também relata o interesse das prefeituras de Araçoiaba da Serra e de Piedade em solucionar o problema. "Já nos primeiros meses deste ano, as prefeitas Mara Melo (PT), de Araçoiaba da Serra, e Maria Vicentina (PSDB), de Piedade, em diferentes momentos, estiveram reunidas com a Cetesb buscando informações quanto aos procedimentos que aqueles municípios devem adotar com vistas a adequar os respectivos aterros, em razão dos problemas operacionais que verificaram ao assumirem as prefeituras em janeiro de 2013", comenta.

Segundo Marangon, a Cetesb toma por base as características do local, a infraestutrura implantada e as condições de operação para definir a qualidade de um aterro sanitário. Os locais com Índice de Qualidade de Aterro de Resíduos (IQR) entre 0 e 7 são considerados inadequados. As notas acima de 7,1 dão à área a condição de adequada. "Para cada um desses itens há sub-itens e para cada um deles atribui-se primeiramente a avaliação: adequado ou inadequado, com a indicação de um peso. Os valores verificados são distribuídos em uma equação cujo resultado (nota) pode variar de 0 a 10", relata.

Esse relatório da Cetesb é um instrumento importante tanto para o Estado quanto para o município, pois serve para balizar as ações subsequentes entre prefeituras e a agência ambiental. "É importante frisar que o objetivo maior é sempre o de se alcançar, no menor tempo possível, a solução dos problemas para atingirmos a melhor eficiência", comenta Marangon.

Em relação a uma eventual penalidade às prefeituras, a Cetesb de Sorocaba diz que a imposição de penalidades não depende apenas do IQR. Isso porque a agência observa uma rotina de fiscalização ditada pelo regulamento da Lei nº 997/76, aprovado pelo decreto nº 8468/76 e suas alterações, que estabelece também as penas a serem aplicadas. "A agência ambiental de Sorocaba já impôs penalidades de multas não somente aos aterros de Araçoiaba da Serra e Piedade, como em outros municípios inseridos no âmbito da fiscalização da nossa agência", ressalta Marangon.

Função dos aterros

Os aterros sanitários são equipamentos projetados para receber e tratar o lixo produzido pelos municípios. Eles são baseados em estudos de engenharia e visam reduzir ao máximo os impactos causados ao meio ambiente. De acordo com Marangon, a Cetesb reconhece o esforço dos municípios. "E entende que, em termos regionais, já houve um avanço significativo a partir do momento em que as prefeituras passaram a preocupar-se com a disposição adequada dos seus resíduos sólidos, sem distanciar-se dos padrões estabelecidos na legislação de maneira a garantir a qualidade ambiental da região. O papel da Cetesb é o de garantir o cumprimento da legislação, acompanhando sistematicamente a eficiência desses aterros", comenta.

Notícia publicada na edição de 13/06/2013 do Jornal Cruzeiro do Sul

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Oficinas Culturais 2013 Salto de Pirapora


Em meio à escuridão, os “novos artistas estudiosos” brilharam com a sua garra e determinação na 1º Mostra das Oficinas de Salto de Pirapora. Implantar uma nova proposta em qualquer situação é um desafio. Quando essa proposta foge do entendimento das pessoas, esse processo fica mais árduo ainda.

Assim que assumi o cargo na Secretaria da Cultura, a minha primeira ação cultural, foi implantar as oficinas culturais aqui na cidade.
Desde o início foi muito difícil fazer com que as pessoas entendessem que era necessário um espaço, que precisávamos de materiais, que precisava de higienização desse lugar, pois trabalharíamos com muita gente. Mas nada disso foi entendido. Eu e meus companheiros de trabalho nos desdobramos desde com as preparações das aulas e até mesmo com a faxina do lugar, pois passamos todo esse semestre sem alguém responsável pela limpeza do espaço.

Foram mais de trezentos inscritos... e finalizamos entregando duzentos e cinquenta e seis certificados de participação. Se fosse apontar toda a dificuldade que tivemos, seria um texto de lamentos... Mas não é isso que quero fazer aqui. Porém vejo a importância de apontar algumas das dificuldades para que elas se tornem públicas a fim que de que possamos saná-las. Agradeço imensamente a todos os profissionais e principalmente aos professores “Jane, Leandro e Betão, que vieram trabalhar conosco, num ambiente que dependia de muito esforço, para que sem recursos pudéssemos fazer o nosso trabalho”.

Agradeço publicamente o Sr. Rangel, que novamente nos abrilhantou com a produção e execução do cenário. Sempre sozinho, mas com muita determinação, fez o que sabe fazer de melhor... organizar, preparar e realizar produções artísticas.

Ansiosos desde as sete horas da noite, a fila começou a ser formada do lado de fora do recinto de festas... eram os pais, parentes e amigos que vieram prestigiar seus filhos e conhecidos para a primeira apresentação...os lugares foram disputadíssimos...não se importaram em ficar em pé... E ali permaneceram durante as duas horas e meia de apresentações... aplaudindo e vibrando juntamente com os novos artistas.


Mesmo com a voz embargada agradeci imensamente por estar vivendo esse momento, agradecimentos em meio às lágrimas, emoções dos filhos, dos pais, das mães... e dos professores que se abraçavam num clima de muita harmonia e felicidade.


Gosto muito de fotografias, mas nesse evento, não foi possível utilizar a luz que estava habituada, para fotografar, pois, não temos mais disponível.(não houve a renovação do contrato, estamos aguardando a licitação). Trabalhar com iluminação nas atividades artísticas, requer estudo e conhecimento, tanto de materiais como operacionais, uma luz que utilizamos nas "baladas" não é uma luz para uma peça de teatro.


Agradeço imensamente ao Claudinei Nardes, que mesmo com uma iluminação precária, registrou esses momentos com a sensibilidade através do olhar fotográfico, e vocês podem conferir e compartilhar.Lembrando que todos esses registros fotográficos foram realizados com nossos recursos e equipamentos pessoais.


Agradeço ao Fernando pela apresentação simples e clara e pela sua disponibilidade em estar presente conosco nesta ação.

Senti falta de a imprensa estar presente, creio que seria uma matéria relevante e também teríamos registros fotográficos com mais recursos, já que a imprensa possui equipamentos para esse fim.


Parabéns a todos os estudantes artistas... hoje, mostramos que isso é possível de acontecer em nossa cidade, e que não podemos deixar isso morrer, independentemente de eu estar ou não a frente da secretaria da cultura. A partir de agora vocês são os responsáveis por não deixar essa chama apagar... eu só dei o primeiro passo, quem continua a caminhada são vocês.

Carmem Machado ((Secretária da Cultura))



Fotos: Secretaria de Cultura Salto de Pirapora

Fotos: Secretaria de Cultura Salto de Pirapora

Fotos: Secretaria de Cultura Salto de Pirapora

Fotos: Secretaria de Cultura Salto de Pirapora

Carmem Machado ((Secretária da Cultura))

Bombas e fogos de artifício são apreendidos em Salto de Pirapora

Mais de 200 produtos com explosivos foram encontrados.
Material era vendido irregularmente em dois comércios da cidade.
Veja o vídeo clique aqui!

A Polícia Civíl de Salto de Pirapora (SP) apreendeu mais de 200 produtos com explosivos, entre bombas, fogos de artifício, foguetes e rojões, que eram comercializados de forma irregular no comércio da cidade. As apreensões foram feitas nesta quarta (5) e quinta-feira (6).

Segundo a polícia, os fogos foram apreendidos em uma loja de produtos diversos e em uma mercearia. Um dos locais estava identificado como ponto de vendas do produto, porém, sem nenhuma autorização de comercialização.

A polícia também informa que a mercearia estava, além de irregular, com o alvará de funcionamento vencido. Os proprietários foram encaminhados à delegacia para prestar depoimentos. Os dois responsáveis foram liberados.


Mais de 200 bombas foram apreendidas durante fiscalização
(Foto: Divulgação / Polícia Civil)


sexta-feira, 7 de junho de 2013

GCM detém menores pichando creche

Por: Divulgação
Quatro menores foram apreendidos na madrugada de hoje acusados de picharem um creche municipal em Salto de Pirapora. Somente neste ano, a Guarda Civil Municipal da cidade realizou mais de 15 apreensões de menores pichadores.

A GCM recebeu denúncia, descrevendo os menores, e indicando o lugar onde estariam pichando, a creche municipal conhecida como Creche Castelinho, no Jardim Bela Vista.

Ao chegar no local, a GCM constatou a pichação porém os adolescentes já não estavam lá. Em patrulhamento pela área centra da cidade, a Guarda Municipal se deparou com o grupo descrito na denuncia pichando uma agência bancaria.

Um dos menores se identificou como líder do grupo e disse que não é a primeira vez que é apreendido por este crime e também não seria a ultima. Os quatro foram encaminhados à delegacia onde foi registrado boletim de ocorrência e logo depois liberados aos responsáveis.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

Jovens foram ouvidos e liberados na presença dos
responsáveis (Foto: Divulgação / Guarda Municipal)

Polícia de Salto de Pirapora acusa vendedor de imóvel de cometer estelionatos

A Polícia Civil de Salto de Pirapora investiga queixas contra um homem que está sendo apontado como estelionatário contumaz. Os investigadores daquela cidade já elucidaram três casos de estelionato da mesma maneira de agir.

 O vendedor Fernando de Almeida de 33 anos, residente na Rua João Teixeira de Góes, no Bairro Campo Largo em Salto de Pirapora, é acusado de ter vendido um terreno no bairro onde mora, recebendo R$ 4 mil reais de entrada e 17 parcelas de R$ 350, porém o terreno já havia sido vendido para outra pessoa.

 O investigado vendeu outro terreno para uma mulher, localizado na Rua Honório de Almeida Góes, na mesma localidade, por R$ 20 mil, e a circunstancia é a mesma: o terreno já tem dono. O terceiro caso é ainda pior: um homem comprou um terreno no mesmo bairro e pagou R$ 10 mil, e comprou quatro mil blocos e telhas para construir no local.

Passado um curto período, Fernando propôs-lhe uma troca em outro terreno alegando que era propriedade de seus familiares, e por esse imóvel pediu R$ 5 mil de volta. O homem entregou o terreno e os materiais e ainda entregou-lhe os 5 mil. Agora, a viúva que é herdeira do terreno está cobrando R$ 15 mil pelo terreno.

Fernando responde os inquéritos em liberdade, mas o delegado Gilberto Montenegro Costa Filho declara que já tem provas suficientes que Fernando cometera infrações ao artigo 171 do Código Penal, por essas razões pedirá a sua prisão preventiva, e isto deverá ocorrer em breve.

Um gancho usado pelo suspeito para cometer o crime é dizer que o terreno pertence a alguém de sua família, e como ele é bom de lábia acaba convencendo as pessoas. Os investigadores estimam que aproximadamente 15 pessoas foram ludibriadas por ele, em Salto de Pirapora. "Nos últimos dias esclarecemos 21  casos no município, no entanto esse foi o que mais chamou nossa atenção", disseram os investigadores.
 

Linha de ônibus de Salto de Pirapora a Sorocaba, SP, gera reclamações

Usuários do transporte entre as duas cidades reclamam de superlotação. 
Empresa responsável afirma que vai providenciar novos horários.

Veja o vídeo clique aqui!
Moradores de Salto de Pirapora (SP) que trabalham ou estudam em Sorocaba (SP) reclamam da superlotação dos ônibus que fazem o trajeto entre as duas cidades. O caso é antigo, e já foi mostrado pelo TEM Notícias em 2012, mas continua sem solução.

O problema é maior ainda para quem precisa pegar o coletivo na saída de Salto de Pirapora, no último ponto da cidade. O ônibus que chega vem do bairro Campo Largo e passa pelo Centro. A empregada doméstica Maria Correira tem que sair às 5h30 de casa para pegar o ônibus em um ponto antes. “Tenho que correr, de olho no relógio. Se não for assim, perco”, reclama.

Duas empresas fazem a linha Salto de Pirapora a Sorocaba e a tarifa é de R$ 3,45. O TEM Notícias mostrou a situação em setembro do ano passado. As cenas se repetem: lotação e passageiros viajando nos degraus. A cozinheira Lúcia Custódio conta que entra no trabalho às 8h, mas chega atrasada por conta do ônibus lotado. “Eu desço no meio do caminho. Fica difícil porque não dá para descer. Tem que esperar os outros ônibus”, explica Lúcia.
Em nota, a Viação Piracema, empresa responsável pelo transporte entre as duas cidades, informou que já está providenciando novos horários de ônibus em horários de pico.

Quanto à superlotação, quem fiscaliza é a Agência Reguladora de Transportes no Estado de São Paulo (Artesp). A agência informou que faz essas fiscalizações a partir de um cronograma interno e também a partir de denúncias. Se em uma vistoria for constatado que o ônibus está com um número de passageiros maior que o permitido, a empresa é multada e o valor varia de acordo com o número de pessoas em excesso.

A Artesp informou ainda que neste ano recebeu apenas uma queixa com relação à mostrada na reportagem. Isso reforça a importância de que as pessoas que passam por essa dificuldade, que estão incomodadas com o problema, registrem formalmente a reclamação. A denúncia pode ser feita pelo telefone 0800 727 83 77, ou pelo email da Artesp, ouvidoria@artesp.sp.gov.br.

Segundo a agência, a linha entre Salto de Pirapora e Sorocaba é suburbana, que permite a viagem de passageiros em pé, desde que o limite dos veículos seja respeitado. Por lei, é permitida a viagem de cinco pessoas por metro quadrado. Além disso, os ônibus são obrigados a indicar a quantidade de passageiros permitida, tanto sentados quanto em pé, na parte interna do veículo, acima do para-brisa.
No último ponto de Salto de Pirapora, o ônibus para Sorocaba já chega lotado (Foto: Reprodução / TV TEM)

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Festa do Peão marca o 107º aniversário do município

Serão quatro dias de festa no recinto 'Antônio Carlos Farrapo' com entrada franca
Salto de Pirapora comemora o 107º aniversário de fundação com a 30ª Festa do Peão de Boiadeiro, em meio às homenagens a São João Batista, padroeiro do município. Serão quatro dias de celebração na cidade. A abertura da festa terá o show de Edinho e Alessandro no dia 21, às 20h. Nesse dia acontece também a "eleição da rainha da Festa do Peão de Salto de Pirapora". Entre os dias 22 e 23, as duplas que se apresentam são Zé Henrique e Gabriel e Milionário e Zé Rico, respectivamente. No dia do aniversário da cidade, dia 24, o show de encerramento será com a dupla sertaneja Thaeme e Thiago. A entrada para o Recinto de Exposições e Festas Antonio Carlos Farrapo será gratuita, inclusive os shows.

Prefeito Santelmo Xavier - Por: Luiz Setti
O prefeito de Salto de Pirapora, Santelmo Xavier Sobrinho (PMDB), convida todas as pessoas da cidade e região a participarem da festa. "É um dia de comemorações muito importante para Salto de Pirapora, por isso convidamos a todos de Sorocaba e região para conhecer a nossa cidade e festejar junto", afirma Santelmo.

Além dos shows, no dia 24 de junho acontece o desfile cívico pelas ruas centrais da cidade, na praça Elpídio Marcello (Praça da Fonte), às 9h. Durante os quatro dias de festa haverá provas de rodeios, laço e três tambores.

Desenvolvimento

Para o crescimento de Salto de Pirapora, o prefeito Santelmo acredita nas obras de infraestrutura básica. "A principal proposta do plano da nossa gestão é o processo de urbanização da cidade", garante. O prefeito ainda afirma que o município vem atraindo indústrias, por isso o déficit de moradia é a primeira questão em seu mandato a ser sanada. "Assinamos um convênio que prevê a construção de 234 casas populares do CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), além do projeto de levar até a cidade o programa Minha Casa, Minha Vida", afirma.

A duplicação da rodovia João Leme dos Santos, trecho da SP-264 entre Sorocaba e Salto de Pirapora, também é um fator importante para o crescimento do município. "Não adianta arrumarmos a cidade, e contar apenas com essa estrada de difícil acesso e trânsito violento, cada vez causando mais acidentes", explica o prefeito. A duplicação será feita do Km 102 até o Km 119,5 e o valor orçado foi fixado em R$ 130.204.839,54. O período previsto no edital para a realização da obra será de 15 meses e estará dividida em dois lotes.
 
Notícia publicada na edição de 05/06/2013 do Jornal Cruzeiro do Sul
 
________________________________________________
 
05/10/2011 | HABITAÇÃO
Salto de Pirapora deve construir 230 casas populares por meio da Agência de Fomento Habitacional   Notícia publicada na edição de 05/10/2011 do Jornal Cruzeiro do Sul, na página 011 do caderno A
Ex-prefeito Joel David Haddad
Foto: Jota Abreu
A Prefeitura de Salto de Pirapora foi uma das 64 administrações municipais a assinar um protocolo de intenções para uma parceria, com o governo estadual, para a implantação de um conjunto habitacional de 230 unidades, por meio da recém-criada Agência de Fomento Habitacional Casa Paulista. A iniciativa, anunciada por decreto assinado pelo governador Geraldo Alckmin, é um braço operacional da Secretaria da Habitação que vai estimular a produção de moradias sociais no Estado, através da construção, por meio da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU), e também do fomento com liberação de recursos com este objetivo - utilizando, dentre outras ferramentas, as parcerias público-privadas.

Apesar de assinado o protocolo, são poucos os dados oficiais acerca do conjunto habitacional de casas que deve ser implantado na região do Jardim Teixeira dos Santos. De acordo com a Prefeitura, o projeto ainda está em fase de estudos preliminares, o que inviabiliza qualquer informação sobre o montante, em dinheiro, que o Estado deve liberar para o município. Porém, a princípio, a intenção da administração municipal é contribuir com a doação do terreno. Os imóveis atenderão às necessidades de famílias com renda mensal de um a três salários mínimos e sua distribuição se dará por sorteio. A Prefeitura de Salto de Pirapora não soube adiantar quando o conjunto deve ser entregue à população. O município também ainda não possui um levantamento a respeito de seu déficit habitacional. "A administração está realizando estudos para a elaboração do Plano Local de Habitação de Interesse Social (PLHIS) e a aquisição de áreas para a implantação de novos conjuntos habitacionais com o objetivo de reduzir esse déficit", diz nota da assessoria de imprensa.

Regularização

Além de Salto de Pirapora, outros 42 municípios assinaram protocolos de intenção para a construção de aproximadamente 4 mil moradias e 21 prefeituras firmaram convênio com o Programa Cidade Legal. Durante a cerimônia de anúncio do projeto, realizada em São Paulo no último dia 27 de setembro, o governo estadual também entregou a 13 municípios - dentre eles Salto e Sorocaba - as Declarações de Conformidade Urbanística e Ambiental.

Em Sorocaba, o documento, segundo o secretário de Negócios Jurídicos, Luiz Ângelo Verrone Quilici, possibilitará à Prefeitura registrar em cartório 1.006 imóveis, sendo 945 no Jardim Ipiranga e 61 no Jardim Novo Horizonte, promovendo assim a regularização fundiária destas áreas. "Agora, essas famílias terão seus imóveis devidamente registrados, dando-lhes segurança jurídica e absoluta tranquilidade para que possam preservar o seu patrimônio e dele usufruir conforme os sonhos que vinham alimentando", disse Verrone. Segundo a Prefeitura, o Jardim Nova Esperança será a próxima área a ser beneficiada pelo Cidade Legal.

Meta aumenta

A Agência de Fomento Habitacional Casa Paulista será a responsável pela operação articulada dos fundos habitacionais paulistas instalados recentemente: o Fundo Paulista de Habitação de Interesse Social (FPHIS) e o Fundo Garantidor Habitacional (FGH). A partir da captação de recursos no mercado e fomentação das iniciativas habitacionais será possível ampliar a meta do Estado, para o período de 2012 a 2015, para 150 mil novas unidades, além de ações de urbanização de favelas e regularização fundiária. Para isso devem ser investidos R$ 7,9 bilhões previstos no orçamento da Secretaria (R$ 6,6 bilhões em verba estadual e R$ 1,3 bilhão de programas do governo federal e aporte de instituições financeiras), e investimentos de parceiros públicos e privados da ordem de mais de R$ 22 bilhões.

Caminhão carregado de milho tomba na SP-264

Eixo da carreta quebrou e motorista não conseguiu controlar o veículo.
Carga ficou espalhada no acostamento da via.

Clique aqui e veja o vídeo

Um caminhão carregado com milho tombou na tarde desta quarta-feira (5) na rodovia João Leme dos Santos, a SP-264. De acordo com a Polícia Rodoviária, o acidente aconteceu entre Sorocaba(SP) e Salto de Pirapora (SP).

O motorista do veículo disse para os policiais que o eixo da carreta quebrou e ele não conseguiu manter o controle do caminhão na pista. Com o tombamento, a carga ficou espalhada pelo acostamento da rodovia.


Apesar do acidente, o tráfego não foi interrompido e o motorista não se feriu.



Foto: Facebook - Salto de Pirapora da Depressão

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Suplicy apoia moradores de Piedade, SP, contra construção de pedreira

Senador estava na cidade e viu reportagem da TV TEM e G1.
Suplicy fez discurso de apoio no plenário do Senado, na segunda-feira (3).
Veja aqui o discurso do Senador Eduardo Suplicy (PT-SP)
O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) discursou no plenário do Senado, na noite desta segunda-feira (3), sobre a defesa dos moradores de Piedade (SP) contra a construção de uma pedreira na zona rural do município. Durante seu discurso, Suplicy leu uma reportagem publicada no G1 e TV TEM falando sobre o assunto.

Em entrevista ao G1, o senador diz que apoia os moradores, que estão preocupados com o impacto ambiental na região, que é coberta pela Mata Atlântica. O temor da população é de que a extração de granito acabe com a nascente do rio que abastece a região e principalmente as lavouras, base da economia da cidade.

Suplicy explica que enviou uma carta ao ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, ao governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, ao diretor-geral do Departamento Nacional de Produção Mineral, Sérgio Augusto Dâmaso de Souza, além dos secretário estadual do Meio Ambiente, Bruno Covas, e presidente da Cetesb, Otávio Okano, questionando a construção da pedreira.

Suplicy conta que estava na cidade, a passeio, onde ficou quatro dias hospedado em uma pousada, e viu a reportagem do TEM Notícias. Logo após, ele conta que entrou em contato com a prefeita Maria Vicentina Godinho Pereira da Silva (PSDB) e também com o ex-prefeito, Jeremias Ribeiro Pinto (PT).

Os dois me atenderam e disseram que estão juntos contra a instalação da pedreira. O Meio Ambiente fez isso, conseguiu colocar do mesmo lado PT e PSDB", diz o senador.

Suplicy ressalta que a prefeita encaminhou um projeto de lei substitutivo ao Projeto de Lei nº 3, de 2013, no último dia 24 de maio, à Câmara Municipal, para alterar o zoneamento de Piedade. "Ela solicitou à presidente da câmara municipal, a vereadora Nilza Maria dos Santos Godinho, que fosse feita, em sessão extraordinária, na mesma noite em que fiz o discurso, mas, para conseguir fazer um parecer técnico, o projeto deverá ser votado na sessão desta terça-feira", explica Eduardo Suplicy.

Caso seja aprovado, a região das bacias dos Rios Pirapora e Sarapuí, que inclui a área onde se pretende instalar a pedreira, ficariam classificadas como Zona de Conservação de Mananciais. "Com isso, só poderão ser realizadas atividades agropastoris, de baixo impacto, mediante a preservação dos recursos hídricos", comenta o senador.

O projeto segue em votação na Câmara Municipal de Piedade, que começou às 18h desta terça-feira (4).

Pedreira x moradores



A pedreira ocupa 135 hectares no bairro Piraporinha, na zona rural de Piedade. A empresa MSX Mineradora pretende fazer a extração de granito. Para a instalação da pedreira é preciso autorização do município e o caso está na Justiça.

A empresa entrou com um pedido para a prefeitura se posicionar a respeito das atividades. A resposta do governo municipal foi desfavorável ao início da exploração, mas o assunto não está encerrado. A prefeitura pediu um estudo técnico ao Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Sorocaba e médio Tietê.

Enquanto isso, os moradores se mobilizam. Apesar de o bairro reunir 2 mil pessoas, um abaixo assinado que circula pela cidade conta com 7.500 mil assinaturas. O documento será entregue ao Ministério Público, Cetesb e órgãos de proteção ao meio ambiente.

Em nota, a empresa MSX Mineradora informou que a extração de granito geraria R$ 300 mil em impostos para o município. Em contrapartida aos possíveis impactos ambientais, a mineradora oferece benefícios como o fornecimento de brita para a recuperação das estradas rurais e a construção de um centro médico no bairro do Piraporinha. A pedreira geraria 220 empregos em duas etapas.

A empresa também diz que a exploração não causaria prejuízo para as lavouras, já que a área é distante das outras propriedades. A mineradora afirma que a atividade não produz resíduos que possam contaminar o meio ambiente.



_____________________________________________________________________________
Ontem 04/06 o assunto discutido após o final da Sessão na Câmara Municipal de Salto de Pirapora pelos vereadores Donisete (Lilico), Sergio Ventura (Siri do Gás) e a vereadora Keli Ortiz foi a preservação do Meio Ambiente.

Arquivo

Top 10 - Fatos e acontecimentos