Salto de Pirapora Notícias 2017

Salto de Pirapora Notícias 2017
Clique na imagem!

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Sorocaba,Salto de Pirapora e região estreia no Google Street View

O serviço integrado ao site de mapas do Google permite fazer um passeio virtual pelas ruas da cidade e observar detalhes das imagens

Exibir mapa ampliado
É possível avançar ou retroceder pelas ruas, seguir o trajeto indicado ou escolher outra direção - Por: Reprodução

Exibir mapa ampliado

thiago.arioza@jcruzeiro.com.br

O Google Street View já começou a funcionar com quase toda a malha viária de Sorocaba desde a última quarta-feira. O serviço, integrado ao site de mapas do Google, permite fazer um passeio virtual pelas ruas das cidades e observar detalhes das imagens feitas em 360 graus. Cidades da região também foram mapeadas, algumas em sua totalidade e outras somente na região central. Internautas de Votorantim, Piedade, Araçoiaba da Serra, Salto de Pirapora, Itu, São Roque, Salto, Alumínio, Porto Feliz, Cerquilho e Tietê já podem desfrutar da ferramenta e verem suas casas pelo computador.

Para acessar, basta entrar no site do Google Maps, digitar o endereço desejado na barra superior e arrastar para o mapa o bonequinho amarelo (conhecido como pegman), que aparece ao lado esquerdo da tela.

Durante a navegação, é possível avançar ou retroceder pelas ruas, seguir o trajeto indicado pelas setas ou escolher qualquer direção desejada. Também é possível ampliar a imagem para ver detalhes nas fachadas dos imóveis ou em qualquer ponto da paisagem.

Para preservar a identidade das pessoas e dos veículos, o Google faz um tratamento nas imagens antes de levá-las ao ar. Este trabalho consiste em borrar o rosto de quem aparece nas fotos e das placas dos carros, que estavam na rua no momento em que as fotos foram feitas. Isso explica o tempo levado para que a cidade passasse a fazer parte do serviço desde a captação das imagens.

Sorocaba começou a ser fotografada por pelo menos dois veículos do Google em maio deste ano. Os carros, modelo Chevrolet Captiva, são equipados com 15 câmeras instaladas num suporte fixado no teto. As lentes captaram imagens no nível da rua, que posteriormente foram montadas lado a lado, formando um mosaico para disponibilização no site.

O Street View foi lançado em 2007 em cinco cidades dos Estados Unidos e hoje está em 27 países. No Brasil, o serviço foi anunciado em 2010, para 51 cidades, entre as regiões metropolitanas das capitais e cidades históricas de Minas Gerais.

Cenas inusitadas

Não é difícil encontrar flagrantes de situações curiosas registradas pelas lentes do Street View. Em todo o mundo, o serviço capturou fotos com cenas de crimes, acidentes de trânsito e pessoas em situações constrangedoras. O mais recente flagra brasileiro foi em Florianópolis (SC), onde o serviço também estreiou na terça-feira. A imagem mostra dois carros batidos contra o muro de uma casa numa via do Centro da cidade. Caso você se depare com algo semelhante ao navegar pelas ruas de Sorocaba, envie para online@jcruzeiro.com.br.

..Pés na cozinha

Por Walter Hupsel | On The Rocks – qua, 28 de set de 2011

Ex-presidente Lula - Foto pt.org.br
O ex-presidente Lula recebeu o titulo de Doutor Honoris Causa pelo Instituto de Ciência Política de Paris, a Sciences Po. Um titulo honorífico que é concedido por instituições de ensino respeitadas àqueles que, de certa maneira, fizeram algo que as instituições acreditem ser relevante.

E a Sciences Po julgou que Lula fez algo de relevante e mereceu o título. Muita gente e instituições pelo mundo têm o mesmo julgamento. "O cara", como já foi chamado, foi homenageado em dezenas de lugares ao redor do mundo. Mas uma parte da imprensa brasileira não vê motivo. Eles enxergam vários problemas do governo Lula e nenhum mérito (ok, para esta parte da imprensa o grande "plus" de Lula foi não ter feito nada exceto continuar as políticas do príncipe FHC).

Valorizar é, por definição, uma ação subjetiva e, como tal, pessoal e intransferível. Se ela, esta parte da imprensa, não vê valores positivos no governo Lula, mais do que normal. Entretanto, como bem retratou o jornal argentino Página 12, a imprensa daqui se portou como escravocrata.

As perguntas que questionavam a escolha do ex-presidente do Brasil para o título de Honoris Causa foram, no mínimo, rudes. Como alguém que se orgulha da falta de educação formal pode ser Doutor Honoris Causa? Como pode laurear alguém que chamou Kaddafi de "irmão"?

Além de mostrar total desconhecimento da homenagem (Honoris Causa é honraria, oras, e não um título de mérito acadêmico), mostraram também ignorância sobre política. Afagos, fotos, sorrisos para a câmera e gentilezas, além é claro dos interesses, fazem parte da política interna e externa. Chamamos isso de realpolitik (procurem por fotos do mesmo Kaddafi com Clinton, Condoleeza Rice, Sarkozy e perceberão o tamanho da ignorância da pergunta)

Eu vou além. Não foram apenas ignorantes e rudes. Foram também um misto de arrogância e daquilo conhecido como "complexo de vira-lata". Uma repórter do Globo questionou do por quê escolherem Lula e não FHC. Se os dados econômicos e sociais não falassem por si, e se a pergunta não demonstrasse a escancarada preferência política da repórter, a indagação do jornal ansiava por um endosso da Sciences Po ao príncipe da sociologia e poliglota FHC, como se dissesse: este merece ser homenageado por vocês, ter seu trabalho reconhecido, um grande presidente, cultíssimo e que, como brasileiro, tem um pé na cozinha.

Questionava, portanto, aquilo que é subjetivo e, ao mesmo tempo, pediam um carimbo parisiense de "aprovado" ao ex-presidente-sociólogo, afinal o que é gringo é sempre melhor que o que é nacional, tupiniquim.

Um pé na cozinha não foi suficiente para a laurear FHC. Não foi a honraria concedida a Lula pelo seu governo que incomodou tanto, foram seus dois pés de Lula no cômodo dos fundos.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Competição sem perdedores

Realizados nesta quarta-feira (28), Jogos da Primavera reuniram instituições psiquiátricas de Sorocaba e região com o objetivo de ressocializar os pacientes e estimular a prática esportiva

Centenas de pacientes de sete hospitais psiquiátricos de Sorocaba e região participaram nesta quarta-feira (28) da 27ª edição dos Jogos da Primeira, competição que tem como objetivo a integração entre os internos e o estímulo à prática de atividades físicas por meio do esporte.

As disputas, realizadas no Centro Esportivo Jardim Simus, nos períodos da manhã e da tarde, foram nas modalidades dominó, dama, vôlei, futsal, queimada e corrida, todas elaboradas e adaptadas de acordo com a realidade dos participantes.

De acordo com Graziela Ferrarezi de Castro, psicóloga do Hospital Teixeira Lima e organizadora dos Jogos, a competição vai além da disputa esportiva. “Eles aguardam o ano inteiro para participar”, afirma.

A psicóloga destaca ainda que o evento é uma oportunidade dos pacientes poderem sair do universo das instituições e se relacionarem com outras pessoas, fazer novas amizades e até mesmo encontrar namorados e namoradas.

Apesar de o evento ser uma festa para os participantes, as competições não deixam de ser levadas à sério. “Todos querem sair como vencedores e inclusive treinam para os Jogos”, diz Graziela. Com isso, a saúde dos pacientes também sai ganhando, visto que devido a baixa estima, a prática das atividades física não é comum entre os pacientes das instituições.

Este ano, o evento foi organizado pelo Instituto Psiquiátrico Professor André Teixeira Lima e contou com a participação dos pacientes dos hospitais Mental Medicina Especializada, Psiquiátrico Jardim das Acácias, Psiquiátrico Vera Cruz, Psiquiátrico Vale das Hortênsias (Piedade), Psiquiátrico Santa Cruz e Clínica Psiquiátrica de Salto de Pirapora.

Campeões dos Jogos da Primavera 2011
Damas feminino - Clínica de Salto de Pirapora
Damas masculino - Vale das Hortências
Dominó feminino - Jardim das Acácias
Dominó masculino - Vera Cruz
Vôlei feminino - Santa Cruz
Vôlei masculino - Santa Cruz
Queimada feminino - Vera Cruz
Queimada masculino - Vale das Hortências
Corrida feminino - Santa Cruz
Corrida masculino - Vale das Hortências
Futsal - Jardim das Acácias
300
pacientes participaram das competições

Pacientes conquistam mais do que vitórias no evento

Nem só de confrontos esportivos são realizados os Jogos da Primavera. Nos períodos de intervalo entre as disputas das diversas modalidades, os pacientes das instituições utilizam o momento para se confraternizar, conhecer novos amigos e até mesmo começar relacionamentos.

É o caso de Rita de Cássia, 37 anos, e Fernando Corrêa, 38. juntos há um ano. Eles se conheceram na edição 2010 dos Jogos e desde então mantêm o romance. “Nós torcemos um pelo outro”, diz Fernando, que é paciente do Hospital Teixeira Lima, mesma instituição de Rita.

Quem também encontrou uma torcedora durante o evento foi Paulo César Batista Morais, o Jacaré, 43 anos. Paciente do Hospital Jardim das Acácias, ele conquistou o coração de Sandra Silva Santos, 31, do Mental Medicina Especializada. “Ela é minha namorada”, afirma o atleta, que disputou todas as modalidades.

Os dois se conheceram em outra edição dos Jogos e por viverem em instituições diferentes, aproveitam a oportunidade para matar a saudade.

De acordo com Graziela, mais do que disputar um troféu, os pacientes buscam a ressocialização, já que a maioria está em situação de abandono ou rejeição familiar. “Nós sempre promovemos passeios e até mesmo eventos com outras instituições, mas unir todas em um evento somente nos Jogos da Primavera”, conclui.

Fonte: Agência BOM DIA

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Prefeitura acata denuncia do Jornal Liberdade e resolve o problema do bairro Jardim Alvorada

Confira a notícia com a denuncia do Jornal Liberdade na imagem abaixo.

Clique na imagem para ampliar o tamanho!
 Reprodução da página 02 da edição de Nº. 51 de Setembro de 2011 do Jornal Liberdade de Salto de Pirapora.







Apesar da solução para o escoamento das águas pluviais do Jardim Alvorada, o Jardim Santa Maria ainda sofre com o abandono na obra da área de lazer  que está paralisada, as informações aponta e comprova que a prefeitura já recebeu a verba do Governo do Estado com o valor total da obra em Agosto de 2010.

Clique na imagem para ampliar o tamanho!

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Rock in Rio domina a internet e Red Hot incendeia público

38 milhões de pessoas foram impactadas na internet. Rock in Rio é o assunto mais comentado em cinco países no Twitter e público vibra com a banda californiana

A ansiedade do público era enorme e a banda americana Red Hot Chilli Peppers não decepcionou quem aguardou pela atração principal do Palco Mundo. Outra banda que agradou o público foi Capital Inicial. Com músicas eternizadas no gosto do público, o grupo brasileiro levantou a galera mesmo com a chuva que caiu no início da noite.
Quem não veio ao Rock in Rio não deixou de acompanhar o maior evento de música e entretenimento do mundo. No Twitter, o festival foi Trending Topics (assunto mais falado) no mundo. No Brasil, Argentina, México, Chile e Peru, o assunto dominou a atenção dos twitteiros. Cerca de 38 milhões de pessoas foram impactadas com a repercussão do festival na internet.


Outra mídia social que despertou o interesse do público foi o Flickr. O site apontou mais de 1,5 milhão de visualizações das fotos do Rock in Rio.


O Rock in Rio também dominou o ranking da AppleStore. O aplicativo Claro + Rock in Rio foi o mais baixado do Brasil com cerca de 26 mil de downloads.


Mais de 120 países acompanham a cobertura via redes sociais e 700 mil pessoas acessaram o site do Rock in Rio apenas neste sábado.
 
Rock in Rio 2011 Live - Clique aqui!
 

 

 

 

Filhas do prefeito de Salto de Pirapora não devem voltar à prefeitura

Para MP, o prefeito praticou nepotismo.
Prefeitura não se manifesta.
Prefeito Joel David Haddad (PDT) e sua filha Jamile Haddad (Foto reprodução TV Tem) 
As filhas do prefeito de Salto de Pirapora não devem voltar à trabalhar na administração municipal. A decisão é do Tribunal de Justiça de São Paulo que negou recurso da prefeitura. No início deste mês, a Justiça determinou que Jamile Haddad fosse afastada do cargo de diretora de Promoção Social e Jaqueline Haddad, da diretoria de Administração.

Para o Ministério Público, o prefeito Joel Haddad praticou nepotismo ao nomear os familiares. A prefeitura de Salto de Pirapora informou que só vai se manifestar depois de ser oficialmente notificada.

Fonte: temmais.com/TV Tem

Veja Também:
Apesar de liminar para exoneração, filha de prefeito é vista em diretoria - Clique aqui!

Bandidos mantém família refém por 5 horas em Salto de Pirapora

Os criminosos renderam o caseiro.
Ninguém foi preso até o momento.
Quatro homens armados e encapuzados roubaram uma chácara no Bairro da Ilha, divisa entre Salto de Pirapora e Pilar do Sul, na madrugada desta segunda-feira (26/09). Os homens chegaram a pé no na residência. Abordaram o caseiro e família. Mantiveram todos reféns por cerca de cinco horas.

Os suspeitos fugiram com o carro do caseiro, aparelhos eletrônicos e R$ 250 em dinheiro. A polícia investiga. Até o momento, ninguém foi preso.

Eduardo Ribeiro Jr. / TV Tem

_________________________________________

Bandidos invadem chácara em Salto de Pirapora (SP)


Os criminosos invadiram uma propriedade na região de Sorocaba (SP). Eles entraram por uma janela e renderam a moradora. Durante o assalto, eles comeram macarrão e brindaram a ação com cachaça. Veja!

Estréia da Maratona do Humor reúne grandes humoristas no palco do programa Tudo é Possível com Ana Hickmann na Record

Times rosa e preto se enfrentam em jogos de humor e improviso
Fonte: Do R7 - Rede Record
Em sua estreia, o quadro Maratona do Humor reuniu grandes talentos do humor em uma competição pelo prêmio de R$ 100 mil.

Formado por Rogério Vilela, Thiago Carmona, Bruno Berg e João Valio, o time rosa enfrentou os humoristas Osvaldo Barros, Daniel Murillo, Fernando Strombeck, Richard Godoy, integrantes do time preto. O resultado: muitas risadas e diversão no palco do Tudo é Possível!
Assista à primeira etapa do concurso e divirta-se!

sábado, 24 de setembro de 2011

Afinal, o que quer a imprensa?

Justiça condenado jornal a pagar US$ 40 milhões por injúria ao presidente

O jornalista deve ter medo da justiça? Não. E de uma lei regule, disciplina e imponha limites à imprensa? Não, não e, definitivamente, não. Se o jornalista e o veículo de imprensa forem corretos, honestos, observarem preceitos básicos do bom jornalismo, como ouvir as partes e se forem fiéis aos fatos e provas, não tem o que temer. Não é o caso do jornal El Universo, do Equador [que se assemelha ao PiG - Partido da Imprensa Golpista, no Brasil - integrado por Folha, Veja, Globo, Band, Estadão e afins].

Leia aqui artigo do jornalista Mair Pena Neto, do site Direto da Redação, e entenda do que a imprensa brasileira tem medo.

Afinal, o que quer a imprensa?


A maioria dos grandes meios de comunicação da América Latina está em conflito aberto com os presidentes eleitos de muitos países, trazendo à tona o debate sobre deveres, limites e responsabilidades da informação. Em nome de uma suposta liberdade de imprensa, os meios rejeitam qualquer tipo de regulamentação, sempre acusada de censura, e afirmam que já existem os canais de controle da sociedade sobre possíveis erros ou excessos cometidos pelos jornais, revistas e emissoras de rádio e televisão.

Um destes caminhos seria a Justiça comum. Um cidadão, político, artista, jogador de futebol ou o que seja, teria a lei a seu lado para exigir reparações no caso de se sentir ofendido ou injustiçado. A situação não é tão simples assim, já que os danos que uma matéria mal apurada ou mal intencionada podem causar são, muitas vezes, irreparáveis. Ter o seu nome estampado nas páginas como ladrão, corrupto ou assassino é uma mancha difícil de apagar, mesmo que a Justiça venha a estabelecer alguma reparação, geralmente de caráter pecuniário. Os meios de comunicação não costumam se desculpar por seus erros e o que se resolve nos tribunais não merece grande espaço nos noticiários.

O recurso à Justiça foi a opção tomada pelo presidente do Equador, Rafael Correa, contra um artigo do jornalista Emilio Palacio, no jornal El Universo, no qual afirmava que o dirigente máximo do país teria ordenado "fogo à vontade contra um hospital cheio de civis e inocentes" durante a rebelião policial de setembro de 2010, quando o próprio Correa foi mantido por 12 horas como refém no mesmo hospital, cercado pelos revoltosos.

De vítima do que foi considerado tentativa de golpe de Estado e que valeu a Correa a solidariedade de vários presidentes latino-americanos e até de líderes conservadores mundiais, como o francês Nicolas Sarkozy, o presidente do Equador passou a "assassino de lesa humanidade", que, de acordo com o articulista do El Universo, poderia vir a ser processado por futuros presidentes.

Correa entrou com processo contra o jornal em março deste ano e, em julho, decisão de primeira instância condenou três diretores do jornal e o jornalista Emilio Palacio a três anos de prisão e multa de US$ 40 milhões por injúria. As duas partes recorreram. Os advogados de Correa consideraram a quantia insuficiente, pois o dano causado seria irreparável, já que o editorial ficaria nos anais da história, nas bibliotecas do país e do mundo e permanentemente na internet. Os advogados do jornal pediram nulidade do processo, considerando decisão incompleta por fixar multa mas não a responsabilidade penal da empresa.

Decisão de segunda instância, nesta semana, confirmou a condenação e o caso vai agora à Corte Nacional de Justiça. "Tudo isso foi muito duro mas necessário", afirmou Correa após a decisão. Seus advogados já tinham afirmado após a primeira decisão que pela primeira vez na história do país tinha sido eliminado o "direito ao insulto" e que qualquer cidadão seria capaz de exigir que sua honra fosse restaurada.

A história poderia ter sido diferente se o jornal tivesse provas de que Correa mandara abrir fogo contra o hospital, o que normalmente se exige do bom jornalismo. Depois, poderia ter sido mais responsável e evitado a publicação do texto diante da gravidade das acusações e da falta de sustentação do que era afirmado. Nada disso foi feito. Os gestores do jornal se eximiram da responsabilidade sobre o artigo e propuseram uma retificação escrita pelo próprio presidente, que a recusou, considerando a proposta um insulto à inteligência.

A decisão judicial pode levar ao fechamento do jornal, com muitos prejuízos envolvidos. Correa anunciou que não pretende ficar com um tostão do dinheiro a ser pago e cogita utilizá-lo para garantir o emprego dos jornalistas que lá trabalham. O radicalismo da situação reflete bem o que acontece em boa parte da América do Sul. A grande imprensa tem ou teve problemas com Correa, com Lula, com Evo e com Chavez, desde que se candidataram à presidência de seus respectivos países.

Os dirigentes da grande mídia costumam atribuir os conflitos a um caráter ditatorial dos presidentes legitimamente eleitos, mas parece muito mais que não aceitam a ascensão ao poder de líderes populares, que buscam acabar com privilégios e reduzir as desigualdades e a pobreza no continente.

Sobre o PIG-Partido da Imprensa Golpista do Brasil - Clique aqui! 

Fonte: Sergio Santos - Pilar do Sul-SP

___________________________________________

Reportagem da Veja coloca em risco quem quer emagrecer e prejudica diabéticos


Revista Veja publica denúncias falsas contra a Record


Fonte: Rede Record - R7

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Micro-ônibus pega fogo próximo à prefeitura

Incêndio aconteceu perto da Prefeitura Municipal de Salto de Pirapora.
Segundo a Polícia Militar, ninguém ficou ferido.
Um micro-ônibus pegou fogo próximo à Prefeitura Municipal de Salto de Pirapora, na tarde desta sexta-feira (23/09). Por volta das 13h, o incêndio tomou conta do micro-ônibus, foi solicitado da Prefeitura o caminhão de água potável "caminhão pipa" para conter o incêndio, porém o caminhão só chegou após 40 minutos do início do incêndio, quando as chamas já consumiram quase todo o veículo. A Polícia Militar informou que será realizada perícia para averiguar os motivos, pois não havia informações sobre o que causou o incêndio no micro-ônibus.
O veículo de uma empresa de fretamento de ônibus de Sorocaba estava estacionado em frente a uma residência, quando se iniciou o fogo, rapidamente o motorista do veículo que mora em frente, ligou para a prefeitura solicitando o caminhão de água e pegou a mangueira de água na tentativa de conter o fogo.

















 

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Show de stand-up lotou o Salão de eventos do Asilo em Salto de Pirapora

Próximo é em 23 de outubro ás 19h30
Domingo, 18 de setembro, mesmo com a concorrência do circo tubinho, o salão de eventos do Asilo (Casa Áurea dos Velhinhos) em Salto de Pirapora ficou lotado. Mais de 180 pessoas assistiram ao show de stand-up comedy com Carlão Dias, Thiago Moura, João Válio, Richard Godoy e Joel Nikiny.

O público riu muito nos 90 minutos de duração do show. Na saída, muitos já perguntavam quando vai ser o próximo, que foi agendado para 23 de outubro, às 19h30, no mesmo local, porém haverá bar para o público se alimentar e recuperar o fôlego durante o show.

Richard Godoy


O humorista participatante do show de outubro já está confirmado, Richard Godoy com o personagem "Bisqüi", que já participou em vários programas de TV, além de outros humoristas. O MC da noite será o professor e humorista local Joel Nikiny. Os ingressos serão vendidos antecipadamente na Banca Nova no Centro (Banca do Passoka) por R$ 10. No dia do show, custarão R$ 15 .
 Esses valores já são de meia-entrada.




Mestre de Cerimônia Joel Nikiny

João Válio


"Hoje teremos Bingo!"

Carlão Dias


Thiago Moura, no personagem Corinthiano.















"Peguei o Côco!"

"E ai gata, joguei o Côco! rola ou não rola?"






Stand-up Comedy com Thiago Moura, João Válio, Richard Godoy, Joel Nikiny e Carlão Dias.


Arquivo

Top 10 - Fatos e acontecimentos