sábado, 30 de julho de 2011

Petista pleitea a cadeira de chefe do Executivo em Salto de Pirapora

A vereadora petista Magali Canalle, ao ver seu nome comentado pelos saltopiraporenses, que seria competitivo no pleito de 2012, disse que vai colocar seu nome à disposição do partido para ser analisado, para pleitear a cadeira de chefe do Executivo.

Magali é oposição ferrenha ao prefeito Joel David Haddad (PDT), que está em seu segundo mandato e não poderá mais tentar a reeleição. A vereadora encorajou estudantes de faculdades, para irem às ruas, protestar contra as novas regras que concedem Transporte para os estudantes (regras não contempla muitos estudantes).

Magali defendeu e apoiou o protesto que foi feito, contra a situação da Saúde no município. "As crianças de Salto de Pirapora, agora nascem em outros municípios; isto é um absurdo, não concordo com isso," A vereadora considera que precisa melhorar a estrutura da Saúde, para atender os casos de urgência, emergência e especialidades médicas.

Disse que sua concepção entende a necessidade de investir no esporte, como ferramenta de formação do cidadão, mas esporte também anda junto com saúde "quem pratica esporte reduz a possibilidade de ficar doente," considerou.

Magali conquistou a cadeira no Legislativo, em segundo lugar no número de votos (891). É funcionária de carreira da Prefeitura de Salto de Pirapora (concursada) há 20 anos, está em seu primeiro mandato, mas tem se destacado por sua coragem em defender o que imagina ser justo, viável e imprescindível para o desenvolvimento do município.

Professora formada em História, Magali demonstra que tem visão das áreas que mais necessitam de políticas públicas em Salto de Pirapora. Na visão dela, o Município precisa de uma parceria com o Governo Federal, objetivando reduzir o déficit habitacional; diz ainda que a casa própria, é um desafio que estará presente no Brasil, enquanto as famílias não se conscientizarem da necessidade de fazer, planejamento familiar.

De acordo com Magali, atrair empresas é outra bandeira que precisa ser empunhada. "Vejo que o nosso município tem condições de atrair mais empresas, para gerar novas oportunidades de empregos; hoje muita gente de Salto de Pirapora trabalha "fora", mas para mudar essa realidade, é necessário desenvolver um trabalho sinalizando parceria da Prefeitura com os empresários.” A petista comenta sobre arrecadação de Salto de Pirapora, que é uma das melhores da Região de Sorocaba, proporcional ao número de habitantes.

O censo IBGE 2010 informa, que o município tem 40.132 (quarenta mil cento e trinta e dois habitantes); o orçamento financeiro anual é R$ 70 milhões. O anúncio da indústria Votoran, em aumentar sua produção, aumenta a expectativa de que, a receita do município vai aumentar.
Foto: Jota Abreu - Jornal Diário de Sorocaba
Magali nunca tinha sido filiada à partido político; ela comungava com administração Joel Haddad, mas houve um momento que ela decidiu romper com Haddad; filiou-se ao PT, foi eleita vereadora; seu nome está em ascensão.

Entrevista publicada por Toni Silva que escreve as colunas "DESFECHO DO CRIME" e "Dos Bastidores Para o Povo" do Jornal Diário de Sorocaba.


Saiba mais sobre o partido político da vereadora Magali Canalle - Clique aqui!


http://www.radiosuperfm.net/

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Turismo e Mergulho - Pedreira de Salto de Pirapora

Pedreira de Salto de Pirapora, mais conheçida como "Pedreirão" do bairro Piraporinha/Juncal
































Jomar Bombas e Motores precisa-se de Funcionários

Vamos ajudar divulgando pela internet essa oportunidade de emprego, o que está sendo uma raridade em nossa cidade.

Jomar Bombas e Motores Necessita de:

1 - Enrolador de motor

2- Ajundantes gerais

1- Eletrotécnico

Os interessados nas vagas favor se dirigir a loja ou entrar em contato pelo telefone abaixo.
Salto de Pirapora 29 de Julho de 2011.



segunda-feira, 25 de julho de 2011

Homem é preso em flagrante por tentativa de furto, em Salto de Pirapora

Clique na imagem para ampliar o tamanho!
Em 23 de julho de 2011, por volta das 21h45min, os policiais militares Cabo PM Leite e Soldado PM Emerson, foram acionados via 190 para atendimento de ocorrência de tentativa de furto. Após chegar a Rua Noeli Francisco Farrapo, nº 260, Condomínio Terras de São João, no município de Salto de Pirapora, a vítima C.M.N., informou à equipe que estacionou seu veículo em frente a sua residência, quando ao ouvir um barulho, avistou Joel de Lima Jr dentro do seu veículo, tentando furtar o aparelho de som.



O indiciado, ao perceber que a vítima estava indo em sua direção, empreendeu fuga levando a frente do toca CD. C., deteve o indiciado, usando de força física e obteve seu objeto de volta. Joel fugiu tomando rumo ignorado.


De posse das características do indiciado, a equipe efetuou patrulhamento com vistas e posterior foi até a sua residência, no mesmo condomínio, onde sua genitora franqueou a entrada. O indiciado foi localizado dentro do quarto, com escoriações no rosto e pernas, onde foi detido e encaminhado até a Santa Casa. Foi medicado e posterior conduzido até a delegacia, onde foi elaborado o BOPC e estipulada uma fiança no valor de R$2.000,00, que até o término do flagrante não tinha sido honrada; Indiciado permaneceu preso pelo DP local.

domingo, 24 de julho de 2011

Biodiesel cria 2 mil vagas de trabalho e investimentos de R$ 150 milhões

Empresa Bioverde prepara-se para se instalar em Sorocaba
A vinda da usina Bioverde Industria e Comércio, a 57ª empresa a se instalar em Sorocaba nos últimos seis anos, traz um novo segmento ao município, que afetará principalmente as cidades da região, afinal a matéria-prima da indústria é o óleo de soja.

O presidente do Sindicato Rural de Sorocaba, Luiz Antônio Marcello, alega que entre dez produtores apenas dois produzem o grão.

“Sorocaba não tem a matéria-prima, a soja, nem a mão de obra técnica. Os dois quesitos terão de ser trazidos de fora. É o grande momento para que empresas, agricultores, trabalhadores, entre outros interessados, conquistem novos negócios”, explica o vice-diretor do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo), Erly Syllos.

A Bioverde vai gerar mais de dois mil empregos entre diretos e indiretos. A primeira fase terá investimentos de R$ 150 milhões. A planta ocupará uma área de 200 mil metros quadrados na zona industrial, próximo ao bairro do Éden. “A usina tem de estimular o fomento. Muitos agricultores poderão deixar a monocultura que deve ser ameaçadora aos negócios e investir na plantação de soja”, aconselha Marcello.
Syllos destaca que a chegada da empresa dará oportunidade para o crescimento dos municípios vizinhos. Como não há o cultivo de soja em Sorocaba, Salto de Pirapora e Votorantim, Marcello acredita que os lavradores se empolgarão com a vinda da usina e com o bom preço da saca de soja (60 quilos por R$ 40). “Os motivos podem fazer com que os convençam a produzir a leguminosa.”

O protocolo de intenções foi assinado entre o prefeito Vitor Lippi e o presidente da empresa, Ailton Braga, semana passada. “A planta traz com ela toda uma química verde, trabalhando a cidade de forma mais eco. Os ônibus urbanos poderão ser movidos a biodiesel, coletas de óleo de cozinha usado e isso tudo reflete na qualidade de vida da cidade, que já é diferenciada”, afirma.

Fonte: Tatiane Patron - Agência BOM DIA

sábado, 23 de julho de 2011

Casal de idosos é atropelado em Salto de Pirapora

Motorista perdeu o controle da direção; à polícia, ele confessou que não tinha carteira de habilitação
Rua Francisco Roberto Daniel - Jardim Bandeira
Um casal de idosos foi atropelado em frente à casa onde mora, no Jardim Bandeira, em Salto de Pirapora. De acordo com a Polícia Militar, o motorista de um carro perdeu o controle da direção e atropelou o casal, que estava tomando sol.

O motorista não apresentou sinais de embriaguez, mas alegou que não tinha carteira de habilitação. Ele foi levado à delegacia para prestar depoimento.

O casal foi levado com ferimentos leves ao Pronto Socorro da cidade e passa bem.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Um morre e dois ficam feridos na Raposo

Uma pessoa morreu e duas ficaram gravemente feridas em dois capotamentos na manhã desta sexta-feira (22), na rodovia Raposo Tavares. Os acidentes aconteceram sentido capital-interior, nos quilômetros 128 e 130, na divisa de Araçoiaba da Serra com Capela do Alto.



Um caminhão de Salto de Pirapora (placa CGS - 8372) capotou após colisão lateral com uma carreta no km 130, às 6h30. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, uma ultrapassagem perigosa foi o motivo do acidente.


Os dois veículos seguiam sentido capital-interior quando o motorista do outro caminhão tentou ultrapassar. Segundo testemunhas, não deu tempo de terminar a ultrapassagem e ele colidiu com o outro ao voltar para a pista, ocasionando o capotamento. O causador do acidente fugiu sem dar assistência às vítimas. Régis Fernando dos Santos foi encaminhado ao Hospital Regional de Itapetininga e o motorista Osmar Leme dos Santos foi levado em estado grave ao Hospital Regional de Sorocaba.


A carreta que capotou transportava equipamentos para montagem de palcos para shows e a carga ficou espalhada por todo o acostamento. Não houve interdição na pista nem congestionamento, apenas lentidão no trânsito até a equipe de resgate da SPVias, concessionária que administra a rodovia, chegar ao local.

Enquanto os oficiais da PM Rodoviária terminavam de registrar a ocorrência do caminhão num posto de combustível próximo ao km 128, um carro modelo Pálio (placa DAU-1415), de Itapetininga, capotou em frente ao local, por volta das 9h40 e o condutor morreu. Sinval Nunes dos Santos, de 56 anos, perdeu o controle do veículo e capotou sozinho no canteiro lateral, após colidir com a valeta do acostamento da pista contrária. Há suspeitas que o motorista dormiu ao volante ou teve mau súbito. Apesar de estar com o cinto de segurança, Santos não resistiu ao acidente e teve parada respiratória no local. A equipe de resgate conseguiu reanimá-lo e ele chegou a ser levado com vida ao Hospital Regional de Itapetininga, mas morreu ao dar entrada no hospital.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Show de humor - Stand up Comedy em Salto de Pirapora

Veja como foi o show do dia 14 de Agosto

Veja como foi o show do dia 18 de Setembro

Veja como foi o show do dia 23 de Outubro























SP tem 10 mil km de estradas esburacadas

A reportagem abaixo destaca que mais de 60% das rodovias estaduais não pedagiadas estão esburacadas. O que a matéria não esclarece é que os pedágios paulistas são mais caros, ente outras razões, porque a concessão inclui o chamado "ônus fixo", valor que as concessionárias têm que repassar para o governo estadual para que este recupere e conserve o restante da malha rodoviária.



Pelo visto, os paulistas estão sendo lesados duplamente: pagam altas tarifas de pedágio e não trafegam por rodovias não pedagiadas de qualidade.


Uso de rodovias para fugir da cobrança de pedágio piora ainda mais a situação


O Estado de SP, por José Maria Tomazela


Dos 15,8 mil quilômetros de rodovias estaduais sem pedágio do Estado de São Paulo, pelo menos 10 mil km têm problemas de conservação e precisam de reformas, aponta levantamento realizado pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas do Estado de São Paulo (Setcesp).


A extensão da malha ruim é quase o dobro dos 6,2 mil quilômetros da rede estadual com pedágio, considerada em bom estado. O alto custo da tarifa leva os motoristas, principalmente caminhoneiros, a usar as rodovias sem pedágio como rota de fuga, piorando suas condições.


Um trecho de 213 km da Rodovia Raposo Tavares (SP-270), entre Itapetininga e Ourinhos, é uma das principais rotas usadas pelos caminhões de carga procedentes de Mato Grosso do Sul em direção à Grande São Paulo ou à Baixada Santista. Nela, as carretas bitrens evitam a Rodovia Castelo Branco e economizam R$ 174,50 por viagem. Em uma viagem de ida e volta, a economia dobra.


O problema é que, sem conservação, a estrada de pista simples não aguenta o tráfego pesado e intenso. O asfalto está esburacado e os acostamentos desapareceram. O único serviço, de tapa-buracos, é ocasional e não dá conta. O motorista José Luis Sgarioni, de Flores da Cunha (RS), considera o trecho o pior de São Paulo. "Como a gente paga tanto pedágio aqui no Estado, merecia andar só em estrada boa", afirma.


A Rodovia Floriano de Camargo Barros (SP-143), que liga a Castelo à Marechal Rondon, também virou rota de fuga, segundo o levantamento do sindicato. Com isso, suas pistas afundam sob o tráfego de carretas. O trecho de 25 km está repleto de "borrachudos", pontos de afundamento. Já a Rodovia Euryale de Jesus Zerbine (SP-066), perto de Guararema, é usada pelos caminhões para escapar dos pedágios da Carvalho Pinto. A pista é simples, sem acostamento e o asfalto está deteriorado.
SP-104 Rodovia João Guimarães (Rodovia do Minério) Salto de Pirapora

SP-104 Rodovia João Guimarães (Rodovia do Minério) Salto de Pirapora
Malha viária. O Setcesp monitora as condições das rodovias em São Paulo para passar informações aos associados. De acordo com o vice-presidente da entidade, Manoel Sousa Lima Júnior, o Estado tem duas malhas viárias bem distintas. "Uma é a malha concedida à iniciativa privada, que é boa, mas também tem pedágios com valores absurdos, e outra é a malha sem pedágio, quase toda de estradas muito ruins. Parece que, ao fazer a concessão, o Estado se desobrigou de conservar o resto", diz.


Ele cita a Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-225), bem conservada na região de Jaú, onde os motoristas têm de pagar pedágio. No trecho sem cobrança, entre Adamantina e Panorama, o asfalto é ruim, não há acostamentos e os acidentes são frequentes.


Interdições. Na última sexta-feira, sete rodovias paulistas tinham trechos totalmente interditados ou com tráfego em meia pista. A Sebastião Ferraz de Camargo Penteado (SP-250) foi fechada para caminhões nos 33 km entre Apiaí e Ribeira, mas os veículos de carga continuam passando por falta de alternativa. "Quando chove, as carretas afundam no asfalto e temos de mandar um trator para puxar", diz o secretário de Administração de Ribeira, Orides Rodrigues de Lima. No km 307, entre Apiaí e Angatuba, uma erosão levou meia pista há mais de um ano.
SP-104 Rodovia João Guimarães (Rodovia do Minério) Salto de Pirapora
Também usada como rota de fuga do pedágio, a Rodovia Aristides de Costa Barros (SP-157) está interditada no km 21,5, em Itapetininga, por causa do rompimento de uma tubulação. As Rodovias Dona Genoveva Lima de Carvalho Dias (SP-373) e Abrão Assed (SP-333) também estão na lista de estradas com pontos de interdição total. Entre as estradas parcialmente bloqueadas por erosões, afundamentos e avarias em pontes estão a Tenente Celestino Américo (SP-79), a Pedro Eroles (SP-304) e a Rodovia dos Tropeiros (SP-068). Já a Rodovia Salvador Pacetti (SP-171) tem interdições parciais em dois pontos no município de Cunha.


By: Transparência São Paulo

Larissa Riquelme convoca: à guerra, Paraguai!

Torcedora número 1 da seleção paraguaia surge nua em revista colombiana horas antes da decisão contra a Venezuela; acesse o link das fotos



Se há uma coisa que a modelo paraguaia Larissa Riquelme sabe fazer é aproveitar, e muito bem, seus quinze minutos de fama. Eles começaram na Copa de 2010, na África do Sul, quando ela chamou a atenção de fotógrafos do mundo todo com sua beleza de olhos grandes, sorriso rasgado e seios fartos. Sempre sob as cores da seleção paraguaia, cuja escalação Larissa tem na ponta da língua. Ontem os paraguaios tiveram uma noite decisiva, de verdadeira guerra, contra a seleção da Venezuela. O jogo, em Mendoza na Argentina, vencido pelo Paraguai nos pênaltis (5 X 3), levou o time para a final da Copa América contra o Uruguai.


O Paraguai já ganhou a competição duas vezes (1953 e 1979), quando ainda não contava com uma torcida feminina que anda encantando os estádios pelos quais a equipe se apresenta. Foi assim no domingo 17, em que, nos pênaltis, o Paraguai desclassificou o Brasil. Como se estivessem com as atenções desviadas para a beleza de Larissa e suas conterrâneas, Elano, Thiado Silva, André Santos e Fred, de maneira jamais vista, perderam seus pênaltis. A julgar pelas fotos da desinibida Larissa para a Soho, a tática do Paraguai passa, mais esta vez, por desviar a atenção dos adversários do campo de jogo para a beleza de sua mais famosa torcedora.


Acompanhe aqui o ensaio completo.


By: Brasil 247

Arquivo

Top 10 - Fatos e acontecimentos