Salto de Pirapora Notícias 2017

Salto de Pirapora Notícias 2017
Clique na imagem!

terça-feira, 31 de maio de 2011

Professora é agredida por mãe de aluna em Salto de Pirapora

A mulher está internada com vários ferimentos na cabeça e no rosto

Da Redação / TV Tem - Clique aqui!


A mãe de uma aluna agrediu uma professora na escola João Fernandes de Andrade, em Salto de Pirapora. A mulher está internada com vários ferimentos na cabeça e no rosto. Ela teve o nariz quebrado e passou por cirurgia.

A diretora da escola e a Prefeitura de Salto de Pirapora registraram boletim de ocorrência contra a mãe da aluna. A assessoria de imprensa da prefeitura informou que vai aguardar o fim das investigações policias para tomar providências administrativas.




Peça "Quizumba" é encenada no Cafundó em Salto de Pirapora

TEATRO

A comunidade quilombola de Salto de Pirapora foi o cenário escolhido para a estreia do espetáculo contemplado pelo Proac


A atriz Camila Andrade conta que a ideia de montar a peça surgiu durante o processo de pesquisa das raízes africanas - Por: Divulgação
Notícia publicada na edição de 28/05/2011 do Jornal Cruzeiro do Sul, na página 1 do caderno C - Clique aqui!


José Antônio Rosa
joseantonio.rosa@jcruzeiro.com.br

A comunidade quilombola do Cafundó, em Salto de Pirapora, na região de Sorocaba, foi o cenário escolhido para a estreia de "Quizumba", montagem do Coletivo homônimo formado por atores de Piracicaba, São Paulo e Santo André, que será apresentada hoje, a partir das 16h. A entrada é gratuita e, antes, na parte da manhã, o grupo coordena oficina com o público. A atividade é, também, franqueada aos interessados. A produção de "Quizumba" foi contemplada em edital do Programa de Ação Cultural (Proac), da Secretaria de Estado da Cultura. Coordenadora do projeto, a atriz Camila Andrade explica que o texto se propõe a discutir a questão da negritude a partir da livre adaptação da história de Zumbi dos Palmares. Representantes de quilombos mantidos em São Paulo, como de Ubatuba, cidade do litoral norte, marcam presença.

O espetáculo é voltado, num primeiro momento, ao público infanto-juvenil, mas interessa, também, às pessoas de outras faixas etárias. Camila conta que a ideia de montar a peça surgiu durante o processo de pesquisa das raízes africanas, particularmente da capoeira e dos contos produzidos em Angola. Paralelamente, foram trabalhadas as biografias do líder maior da luta pela liberdade dos negros brasileiros e de Mestre Pastinha. "Quizumba" narra a história de Pastinha, menino baiano do começo do século XX, que sofre perseguição de outro rapaz. Para superar as diferenças, conta com a ajuda do Griot Benedito (como são chamados os contadores de história do continente africano), que o ensina a prática de defesa conhecido como capoeira.

Ao mesmo tempo, Pastinha ouve do mestre a saga de Zumbi, desde o seu sequestro, quando criança, do Quilombo dos Palmares, passando pela adoção por um padre e o retorno ao local de onde saiu para comandar a militância em favor da libertação.


A montagem também será apresentada em escolas, até como forma de reforçar o cumprimento da lei que obriga ao ensino da história da cultura negra. Camila acrescenta que a peça consiste num jogo onde quatro atores e um músico se revezam no trabalho de interpretação.

Já a pesquisa visual do espetáculo tem como fonte inspiradora a obra de Hector Julio Paride Bernabó, o Carybé. A escolha recaiu sobre a obra porque pouquíssimos artistas souberam, como ele, entender as verdadeiras dimensões da herança africana. A encenação ocorre em um corredor retangular, com plateia nos dois lados, uma de frente para a outra. No cenário concebido por Nina Vieira, impera um Baobá, transfigurado para se tornar a morada de Mestre Benedito. Também essa concepção, conforme Camila Andrade, é fruto da pesquisa que o coletivo desenvolveu. Toda a ação é inspirada no andamento de uma roda de capoeira, num misto de jogo, canto, dança e teatro.

Além de Camila, atuam no elenco de "Quizumba", Jefferson Matias, Jordana Dolores, Thais Dias, Valéria Rocha, Bel Borges, Jonathan Silva, Nina Vieira, Renata Cirilo e Tadeu Renato. A Comunidade Quilombola Cafundó fica na Estrada da Barra, em Salto de Pirapora. O acesso se dá pela Rodovia João Leme dos Santos (SP 264). Na entrada da cidade, deve-se seguir pela rodovia Salto-Pilar até o Km 6. Neste, entrar à direita na estrada que vai à Barra. O local fica a seis quilômetros de distância dali. Quem quiser ir de ônibus, deve tomar, na rodoviária de Salto de Pirapora, a linha "Bairro da Barra" (Empresa Serra Azul), ou linha "Cocais" (Empresa Breda). Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3292-6008

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Sindicato dos Funcionários Públicos municipais de Salto de Pirapora promove almoço em homenagem ao dia do trabalhador

A presidente do Sindicato dos Servidores Públicos municipais de Salto de Pirapora Magali Canalle e Diretoria promoveu no dia 28/05 almoço em homenagem ao dia do trabalhador.

O almoço foi realizado no Recinto de exposições e festas "Antônio Carlos Farrapo", e contou com a presença dos associados e seus familiares, que fizeram suas refeições acompanhada das músicas com show ao vivo da Banda do cantor Alessandro, da dupla Edinho e Alessandro de Salto de Pirapora.

A presidente do Sindicato dos Funcionários Públicos municipais Magali Canalle e Diretoria agradece a presença de seus associados neste evento realizado.

Defender os interesses dos servidores públicos associados, promovendo ações de atendimento nas áreas de esporte, lazer, recreação, cultura, saúde e educação, visando à qualidade de vida dos associados, atuando de forma integrada e harmônica para o alcance dos seus objetivos.
Sindicato dos Funcionários Públicos municipais de Salto de Pirapora.















Mais fotos no site: www.spacemixx.com


quarta-feira, 25 de maio de 2011

Vereadora Magali Canalle (PT) questiona obras de infra estrutura que beneficia terreno da família do prefeito municipal Joel David Haddad

Na sessão da Câmara Municipal de 24 de Maio de 2011, a vereadora Magali Canalle (PT) também fez questionamento sobre as casas que foram construídas pela Prefeitura Municipal em área de preservação ambiental e que está em desacordo com o código de obras do município, e questiona a justificativa do prefeito municipal. Veja as fotos abaixo do local citado no áudio.

Foto: Jota Abreu - Jornal Diário de Sorocaba
Ouça na íntegra os questionamentos da Vereadora Magali Canalle (PT) na sessão da Câmara Municipal do dia 24 de Maio de 2011. 


Para ouvir a palavra da vereadora Magali Canalle (PT) sobre os questionamentos - Clique aqui!


Clique no link abaixo se não conseguir ouvir aqui na página.
Vereadora Magali Canalle Salto de Pirapora 24 Maio 2011.wma

REQUERIMENTO Nº 019/2011

Requeiro à Mesa, nos termos regimentais, ouvido o plenário, para propor ao Poder Executivo, analisar a possibilidade, pelo setor competente de fornecer as seguintes informações com relação ao Projeto de Lei nº 020/2011:


• Qual o interesse social desta desapropriação;


• A área da desapropriação ocupa área de preservação ambiental, em caso afirmativo esta desapropriação tem licença ambiental;


• Dentro do mapa da desapropriação observamos que duas moradias estão na área desapropriada, qual será o procedimento com relação a estas moradias;


• Observamos que está sendo construídas duas casas próximas ao local da desapropriação, sendo utilizada a mão de obra dos funcionários da Prefeitura Municipal. Essas moradias estão sendo construídas com recurso de qual Secretaria;


• A área onde estas moradias estão sendo construídas está legalizada;


• Quem serão os maiores beneficiados com esta desapropriação.


Necessitamos de informações para prestar esclarecimentos à população com relação ao Projeto de Lei em questão, visto que todos os envolvidos nesta desapropriação são familiares do Sr. Prefeito.

Sala das Sessões, 02 de maio de 2011.

MARIA MAGALI CANALLE


Vereadora
www.magalicanalle.blogspot.com

A máquina Patrol estava trabalhando no terreno de propriedade da família do prefeito municipal, porém todos as despesas com a utilização do equipamento foram pagas pelos mesmos, conforme é permitido e de direito por Lei.





Área de preservação ambiental citada no áudio acima pela vereadora Magali Canalle (PT)





O imóvel será destinado a abertura de uma nova artéria de comunicação pública, que interligará os populares Jardins Avenida e Santa Maria





Próximo ao local e quase ao lado dos terrenos fica situado o Paço Municipal de Salto de Pirapora "David José Haddad"

DECRETO Nº 5661/2010


De 27 de Outubro de 2010.

“DECRETA DE UTILIDADE PÚBLICA PARA FINS DE
DESAPROPRIAÇÃO AMIGÁVEL OU JUDICIAL, EM CARÁTER DE URGÊNCIA, O IMÓVEL QUE ESPECIFICA, MEDIANTE PERMUTA E, DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS”.

JOEL DAVID HADDAD, Prefeito do Município de Salto de Pirapora, no uso


das atribuições que lhe são conferidas por lei;

D E C R E T A:


Artigo 1º - Decreta de utilidade pública, para fins de desapropriação amigável ou judicial, em caráter de urgência, mediante permuta, o imóvel com área de

5.464,83 metros quadrados, que integra área de maior porção, por força da matrícula nº 46.345 de ordem do Segundo Cartório de Registro de Imóveis e Anexos da Comarca de Sorocaba – São Paulo, que consta pertencer aos herdeiros ou sucessores dos senhores David José Haddad e Lydia David Haddad.


Parágrafo 1º - O imóvel desapropriando, cuja Planta e Memorial Descritivo, que integram o presente Decreto, apresenta a seguinte descrição:

Imóvel:- “Um terreno com área de 5.464,83 metros quadrados, localizado no Bairro Campo Largo, no município de Salto de Pirapora desta Comarca, de propriedade dos Herdeiros de David José Haddad, tendo seu início no ponto n°1, localizado na Rua José Rodrigues de Oliveira, a 82,50 metros da esquina dessa Rua com a rua Avelino A. Marques, no vértice formado pela área em descrição e o lote n° 9, da quadra “F”, do loteamento “ Jardim Avenida”, do qual segue no sentido horário o azimute 63° 16’ 29", na extensão de 331,43 metros, até o ponto n° 2; deflete à esquerda e segue em linha curva, num raio de 78,00 metros, na extensão de 36,22 metros, até o ponto n° 3; daí segue em linha reta o azimute 36° 40’ 15", na extensão de 19,26 metros, até alcançar o ponto n°4, onde existe um córrego, confrontando nessas três extensões, com terreno remanescente dos mesmos proprietários; deflete à direita e segue pelo leito do córrego, à jusante, na extensão de 14,54 metros, até o ponto n° 5, confrontando com o sistema de Lazer do loteamento “ Jardim Santa Maria “; deflete à direita e segue o azimute 216° 40’ 15", na extensão de 22,09 metros, até o ponto n° 6; deflete à direita e segue em linha curva, num raio de 92,00 metros, na extensão de 42,72 metros, até o ponto n° 7; daí segue em linha reta o azimute 243° 16’ 29", na extensão de 329,98 metros, até o ponto n° 8, localizado no vértice
formado pela área em descrição e o lote n° 8, da quadra “H”, do Jardim Avenida, confrontando nessas três últimas extensões, com terreno remanescente dos mesmos proprietários; deflete à direita e segue o azimute 327° 22’ 34", na extensão de 14,07 metros, até o ponto n° 1, ponto inicial de partida, confrontando com a Rua José Rodrigues de Oliveira, encerrando a área de 5.464,83 metros quadrados”.


Artigo 2º - Fica o Poder Executivo Municipal, autorizado desapropriar mediante permuta, sem torna, o valor estimado da desapropriação, pela implantação da infra-estrutura no imóvel expropriando, quais sejam: terraplanagem, guias e sarjetas extrusadas, rede de abastecimento de água, rede coletora de esgotos e rede de energia elétrica


Artigo 3º - A desapropriação versa sobre utilidade pública, nos termos do artigo


5º, letra “i”, do Decreto Lei 3.365 de 21 de junho de 1.941.


Parágrafo Único – O imóvel desapropriando destina-se a abertura de via pública que interligará o Jardim Santa Maria com o Jardim Avenida.


Artigo 4º - As despesas com a execução desse Decreto, correrão por conta da dotação orçamentária do exercício de 2011.


Artigo 5º - Este decreto entrará em vigor na data de sua publicação.

JOEL DAVID HADDAD


Prefeito Municipal

Publicada em lugar de costume na mesma data.

MARIA KARLA NAGAO M. PORTO


Secretária do Prefeito

Imprensa Oficial MUNICÍPIO DE SALTO DE PIRAPORA 24 DE DEZEMBRO DE 2010 - Edição de nº. 69-3 na página 89 - Clique aqui!

_______________________________________________________________________________

Quinta-feira 26/05/2011 15:15h
Fogo em terreno no Jardim Santa Maria!
Quem será que ateou fogo no local?

No local havia muitos galhos secos de árvores de eucaliptos que foram cortados para a abertura de uma rua no local (conforme descrito acima), homens que trabalhavam no local fizeram a limpeza cortandos os capins secos que estavam em volta das pilhas de eucaliptos que já estavam cortados.

Veja as fotos abaixo do local onde o fogo se espalhou rapidamente.
Campanha e Lei contra as queimadas do município de Sorocaba



















Nesse momento o fogo se inicia e começa a se espalhar por todo esse lado rápidamente.


Homens permanecem no local para preservar a pilha de eucaliptos cortados, para que o fogo não os queime.





No momento passava pelo local no Jardim Santa Maria o veículo da Vigilância Epidemiológica da Prefeitura Municipal de Salto de Pirapora. Nenhuma providência foi tomada pela Prefeitura sobre a queimada.
Campanha e Lei contra as queimadas do município de Sorocaba









Em resposta o setor de fiscalização da Prefeitura Municipal de Salto de Pirapora informou que solicitou várias vezes o caminhão "pipa" de água potável do pátio da Prefeitura para se deslocar ao local, a justificativa para não enviar, foi de que o caminhão não consegueria chegar ao local onde estava o incêndio. 

Campanha e Lei contra as queimadas do município de Sorocaba


Campanha e Lei contra as queimadas do município de Votorantim


A ameaça das queimadas. Um flagrante foi feito pelas câmeras instaladas na torre de transmissão da TV Tem nesta tarde. As imagens mostram três focos de incêndio registrados em Itapetininga durante a tarde. Os dados são alarmantes. Desde o final de março são dezoito casos diários de fogo em mato nos seis municípios atendidos pelo Corpo de Bombeiros de Itapetininga. A média local é de cinco ocorrências por dia.


Atear fogo em terreno é crime. Quem descumprir a lei pode ser preso por até quatro anos.

Fonte: TV TEM - Tem Notícias - Clique aqui!
_____________________________________________________________________________

Segunda-feira 30 de Maio de 2011

Após o incêndio, as obras no terreno do prefeito Joel Haddad iniciam com terraplanagem em ritmo acelerado.







No momento em que chega o Prefeito Joel Haddad com o veículo da prefeitura para vistoriar as obras.









Iniciou-se também a operação tapa-buracos no Jardim Santa Maria









Iniciou-se também a operação tapa-buracos no Jardim Santa Maria 

Iniciou-se também a operação tapa-buracos no Jardim Santa Maria



Arquivo

Top 10 - Fatos e acontecimentos