Salto de Pirapora Notícias 2017

Salto de Pirapora Notícias 2017
Clique na imagem!

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Emenda para duplicação da SP-264 é aprovada por Comissão da Assembleia

Hamilton Pereira pede aos entes mobilizados em torno da duplicação da rodovia que se manifestem junto ao relator do Orçamento, deputado Bruno Covas


Deputado Estadual Hamilton Pereira (PT) em entrevista para a TV TEM as margens da SP-264


Pelo segundo ano consecutivo a Comissão de Finanças e Orçamento (CFO) da Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou emenda que destina R$15 milhões para a duplicação da SP-264, que liga Sorocaba a Salto de Pirapora. De posse da informação, o deputado estadual Hamilton Pereira (PT) apela às entidades mobilizadas em torno da duplicação da rodovia, para que se manifestem junto ao relator do Orçamento, deputado Bruno Covas (PSDB), para que mantenha a emenda no relatório final.O pedido de recursos para duplicação da SP-264 foi apresentado à CFO pelo vereador sorocabano, Izidio de Brito Correia, em 2010, durante audiência pública realizada em Sorocaba. “O meu pedido, naquela audiência, foi para que a Comissão voltasse a assumir como sua, essa demanda da região”, explica Hamilton Pereira. “Aprovando a emenda, a Comissão cumpriu sua parte, resta à sociedade pressionar o relator para que ele mantenha a emenda, diferentemente do que fez no ano passado”, completa.Hamilton Pereira avalia como muito positiva a organização das forças políticas da região pela duplicação da SP-264. “Somos dois deputados estaduais reeleitos, mais o atual deputado Raul Marcelo, uma Comissão recentemente criada pela Câmara Municipal de Sorocaba, a diretoria do campus da Ufscar e o próprio prefeito de Sorocaba mobilizados”, observa Hamilton. “Só precisamos unir esse movimento, agregando a ele ainda a Prefeitura e a Câmara Municipal de Salto de Pirapora para pressionar o relator do Orçamento”, completa.O deputado estadual Hamilton Pereira (PT) apresentou nova emenda ao Orçamento Estadual de 2011 reivindicando recursos para a duplicação da SP-264, que liga Sorocaba a Salto de Pirapora e Pilar do Sul, passando pelo campus Sorocaba da Ufscar. “Mais do que aprovar a emenda, nossa intenção foi pautar o debate para que o problema não seja ‘esquecido’”, defende o Hamilton. “A Comissão assumindo essa emenda como sua, nos dá muito mais força para lutar pelos recursos”, justifica.A CFO da Assembleia chegou a encaminhar o pedido apresentado durante audiência na Câmara Municipal de Sorocaba em 2009, porém, o relator do Orçamento à época, o próprio deputado Bruno Covas, rejeitou a emenda. “Houve a alegação de que a obra já estaria incluída em programas mais abrangentes do Governo do Estado”, lembra Hamilton. “Porém, em audiência com o secretário adjunto dos Transportes, fomos informados de que a duplicação da SP-264 não estava prevista no Orçamento da Secretaria para o ano de 2010”, completa.Segundo Hamilton Pereira, a união das forças políticas regionais já deu resultados positivos anteriormente, como na ocasião da votação do Orçamento Estadual de 2001, quando foram aprovados recursos para a implantação de um campus da Unesp na Região de Sorocaba. A aprovação se deu na forma de uma subemenda ao Orçamento do Estado de 2002, no valor de R$ 18.195.500,00 para a Unesp abrir novos cursos e ampliar o número de vagas. A única emenda que previu a destinação de R$ 8 milhões para a instalação específica do novo campus na Região foi de autoria do deputado Hamilton, subscrita pelos deputados Caldini Crespo (PFL), Maria do Carmo Piunti (PSDB) e Teresinha da Paulina (PFL). Hamilton lembra que a luta pela duplicação da SP-264 teve início em 2007, quando, segundo informações da Secretaria Estadual dos Transportes, a rodovia apresentava um VDM (Volume Diário Médio) de veículos de 11 mil, frente às exigências técnicas que apontam para a necessidade de duplicação de estradas que apresentem VDM acima de 5 mil.





Esse e-mail foi encaminhado para a assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Salto de Pirapora e para a Câmara Municipal de Salto de Pirapora.










DUPLICAÇÃO DA SP-264 - [ 19/11 ]


Câmara Municipal de Sorocaba cria comissão para articular as lideranças regionais

Por Marcelo Andrade

Notícia publicada na edição de 19/11/2010 do Jornal Cruzeiro do Sul, na página 8 do caderno A

Este ano já aconteceram cerca de 160 acidentes na SP-264

A Câmara de Sorocaba formou uma Comissão Especial que terá como objetivo articular reunir forças políticas junto a vereadores, prefeitos e deputados de Sorocaba e região no sentido de pressionar o governo do Estado a duplicar a rodovia João Leme dos Santos (SP-264), que liga Sorocaba a Salto de Pirapora. A iniciativa partiu de requerimento apresentado pelo líder da bancada do PT na Câmara, Francisco França, e contou com o apoio dos 19 vereadores de siglas diferentes.


Francisco França garantiu que essa não será uma comissão que ficará só no papel. Isso eu garanto, resumiu.
 A Comissão Especial será fornada, além de França, pelos vereadores Anselmo Neto (PP), Rozendo Oliveira (PV), Irineu Toledo (PRB) e Luiz Santos (PMN).

Vamos procurar a Secretaria de Estado dos Transportes, a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) e, até mesmo, o futuro governador, Geraldo Alckmin, assim que empossado, na tentativa de fazermos com que essa duplicação venha a se efetivar, disse França, que completou: Também pretendemos nos reunir com a sociedade, mobilizar também os legislativos de Salto de Pirapora, Votorantim e também os executivos dessas cidades e de Sorocaba, para que possamos conseguir em 2011 a duplicação da SP-264.

O vereador, ainda durante sua manifestação, disse esperar que Alckmin tenha uma visão diferenciada do ex-governador José Serra e do atual, Alberto Goldman, em relação ao problema que provocou inúmeros acidentes fatais. A Câmara não pode ficar alheia ao problema, todos os dias a imprensa publica o registro de novos acidentes na rodovia, acredito que esta Casa vai dar uma grande contribuição para solução dessa questão, disse.

O deputado eleito e vereador Carlos Cezar (PSC) se colocou à disposição da comissão. O vereador destacou a reportagem do jornalista Wilson Gonçalves Júnior, publicada pelo Cruzeiro do Sul, na edição do último domingo, em que demonstrou que entre janeiro e setembro deste ano foram registrados 159 acidentes na rodovia. No ano passado, no mesmo período, outros 128 - muitos deles com vítimas fatais. Durante três dias, a reportagem do Cruzeiro percorreu a SP-264, entre os quilômetros 102,5 ao 119,2. Constatou todos os problemas, colheu depoimentos e viu de perto as dores de familiares que perderam seus entes, bem como a preocupação constante de alunos da Ufscar. Além de questionar a Secretaria de Transporte do Estado e não obter resposta. O Cruzeiro do Sul demostrou a necessidade urgente da duplicação daquela rodovia. É preciso unir forças políticas de Sorocaba e região e pressionarmos o governo do Estado para que essa duplicação saia do papel e vidas sejam poupadas, ressaltou. Já Francisco França garantiu que essa não será uma comissão que ficará só no papel. Isso eu garanto, resumiu.

Líder da bancada do PT na Câmara Municipal de Sorocaba, Vereador Francisco França
Este ano já aconteceram cerca de 160 acidentes na SP-264

Sem tempo a perder









quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Apresentador da GLOBO critica pobres

Vídeo assustador: Globo de SC tem ódio de pobre

17 novembro 2010  »..Esses comentaristas miseráveis .


As eleições presidenciais tiveram o efeito colateral de reacender o preconceito de classe. O ódio (não há outra palavra) aos pobres saiu do armário, foi para as ruas e continua escorrendo pelos principais esgotos do país.

No dia da Proclamação da República, uma alma atormentada, que atende às vozes das trevas pelo nome de Luiz Carlos Prates, cuspia as seguintes declarações, durante o Jornal do Almoço, transmitido pela RBS, a Globo de Santa Catarina:



- Hoje, qualquer miserável tem um carro.

- O sujeito nunca leu um livro, mora apertado numa gaiola que chamam de apartamento, não tem nenhuma qualidade de vida, mas tem um carro na garagem.

- Resultado desse governo espúrio que popularizou, pelo crédito, o carro para quem nunca tinha lido um livro.

É o tipo de ignorância que nem merece piedade. O cara se afoga no vômito das próprias palavras. Nojento.

A democracia foi feita para que possamos expressar pensamentos livremente. Mas o que o comentarista ficou esbravejando não passa de rancor e desprezo.

Só gente como ele pode ter carro e viajar no feriado. Só a casa dele é decente. Só o candidato dele é bom. Só o dinheiro dele presta. Em resumo, é um babaca completo. Não só ele, mas também quem pensa parecido.

Infelizmente, como vimos durante a campanha eleitoral, há quem concorde com esse pensamento cretino. O que causa espanto é haver quem pague para que esse tipo de estupidez seja transmitido ao vivo pela TV. Há patrão para tudo neste mundo.

Melhor que a gente saiba onde essa turma se reúne. E nem passar perto desses miseráveis, pobres de espírito. "Desgraçados". Gentinha.


Portal R7 notícias
http://noticias.r7.com/blogs/o-provocador/2010/11/17/esses-comentaristas-miseraveis/
 
Conversa Afiada - Paulo Henrique Amorim
http://www.conversaafiada.com.br/video/2010/11/16/video-assustador-globo-de-sc-tem-odio-de-pobre/
 
No You Tube:
http://www.youtube.com/watch?v=uwh3_tE_VG4
 
 
TV GLOBO e JOSÉ SERRA (PSDB) encobrem posse ILEGAL de terreno público - Parte 1
 
http://www.youtube.com/watch?v=Aod-LEdey8s
 
 
Comentário Adriano Vincler de Campos:
 
Mesmo assim, existe sempre pessoas vagabundas, ignorantes e filhinhos de papai que defende essas atitudes, porque não sabem o que é realmente SER HUMANO, que jamais passaram por dificuldades na vida e não sabem quanto realmente custa o arroz, o feijão, o leite e o direito de conquistar uma vida descente e digna, pois essas mesmas pessoas são as que ocupam os primeiros bancos nas igrejas, e se dizem adorar e louvar a DEUS e a JESUS CRISTO, e são as mesmas pessoas que decidem o futuro de uma cidade, e que causam a desgraça na vida de muitos, e que se acham os mais belos exemplares da raça humana, eles tem o conhecimento, eles sabem de tudo, se acham e se jugam os mais corretos.
Mas como sempre, existe milhares de pessoas que valorizam e lhes dão credibilidade.


publicado em 18/11/2010 às 05h59:
Era Lula cria mais empregos que governos
FHC, Itamar, Collor e Sarney juntos
 
Dilma deve continuar política apostando no investimento estatal


Gustavo Gantois e Mariana Londres, do R7, em Brasília

Há oito anos, quando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi eleito para seu primeiro mandato, as pesquisas de opinião mostraram que o desemprego e a fome eram as maiores preocupações dos brasileiros. Chegando ao fim do governo mais popular da história recente, um novo levantamento, feito em setembro pelo instituto Datafolha, mostrou que os dois maiores tormentos agora são a saúde e a segurança.

Sinal dos tempos, a campanha presidencial de 2010 quase deixou o tema emprego passar em branco. Enquanto o Lula candidato prometia a geração de 10 milhões de vagas formais, a presidente eleita, Dilma Rousseff, fez questão de não fixar qualquer meta. Segundo o ministro Carlos Lupi, do Trabalho, que participou do programa de governo de Dilma na área, a ausência foi proposital.

- Ela não precisou e nem precisa prometer porque já está fazendo. O governo da Dilma é o da continuidade.

De acordo com a Rais (Relação Anual de Informações Sociais), que registra todas as contratações e demissões de empregados regidos pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), pelo regime estatutário, dos servidores públicos, além dos trabalhadores temporários e avulsos, a expansão durante o governo Lula é incontestável. De 2003 até setembro de 2010 foram criados 14.725.039 empregos. Isso dá a Lula uma média de 1,8 milhão de postos de trabalho por cada ano de seu governo.

Confira também


Controlar o dólar é principal desafio de Dilma

A comparação com os governos anteriores é quase injusta. Fernando Henrique Cardoso criou 5.016.672 empregos em seus oito anos de mandato, uma média de 627 mil. Itamar Franco, que governou de 1993 a 1994, gerou 1.394.398 postos – média de 697 mil. José Sarney, em seus cinco anos como presidente, criou 3.994.437 empregos, marcando a segunda melhor média (998 mil) dos últimos 30 anos. Fernando Collor, por sua vez, deixou o governo com a extinção de mais de 2,2 milhões de postos de trabalho.

Os 14,7 milhões de empregos gerados nos oito anos do governo Lula até setembro deste ano, portanto, superam a soma dos empregos gerados nos governos FHC, Itamar, e Sarney, que juntos são 10,4 milhões em 15 anos. Isso sem contar com o fechamento de 2,2 milhões de vagas durante os três anos do governo Collor, o que daria um saldo de 8,2 milhões de empregos em 18 anos.

Propostas de Dilma

Em seu programa de governo, a presidente eleita afirma que vai trabalhar a questão do emprego em três frentes. A primeira, calcada na continuidade da geração, vem do seu próprio perfil de quem vê o Estado como grande indutor do crescimento econômico. Para isso, como argumenta Lupi, vai investir ainda mais em obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), do programa Minha Casa, Minha Vida, e, principalmente, em projetos da Petrobras estimados em R$ 250 bilhões até 2014 – outros R$ 462 bilhões estão previstos pós-2014.

- As ações estatais são a locomotiva do crescimento econômico e da geração de emprego. Há projetos gigantescos envolvendo o Comperj [Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro] que vão demandar investimentos em hotelaria, restaurantes e outros serviços. Isso tudo é emprego que não acaba mais.

A segunda frente de Dilma é a ampliação de cursos técnicos para todos os municípios com mais de 50 mil habitantes. Nesse ponto, os números estão a seu favor. Desde 2003, foram abertas 214 novas escolas profissionalizantes, com a oferta de 500 mil matrículas. Ainda nessa frente, há o programa Próximo Passo, que pretende qualificar, entre os beneficiários do Bolsa Família, 145 mil trabalhadores na área da construção civil e 25 mil na área de turismo e hotelaria.

O terceiro nicho de geração de empregos talvez seja o mais importante. De acordo com projeção do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), os pequenos empresários serão responsáveis por quase 80% de todas as vagas criadas em 2010. Dilma afirma, em seu programa de governo, que fará políticas especiais tributárias, de crédito, qualificação profissional e suporte tecnológico para ampliar o setor.

Para o presidente do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), Márcio Pochmann, tudo leva a crer que o caminho seja realmente esse. Apostar em milagres, como já foi comprovado pela história recente brasileira, não é saudável.

- Muito já foi feito no sentido de criar falsos processos de geração sustentável de emprego. Investir nas micro e pequenas empresas e, ao mesmo tempo, estimular o restante da economia por meio de ações estatais é uma saída viável. Mas não há melhor indicativo de sustentabilidade do que 28 milhões de brasileiros saindo da pobreza e tendo apoio do Estado para buscar um emprego digno.


http://noticias.r7.com/brasil/noticias/era-lula-cria-mais-empregos-que-governos-fhc-itamar-collor-e-sarney-juntos-20111104.html


segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Jornal Liberdade de Salto de Pirapora

Jornal Liberdade - Edição Nº. 56
Março de 2012
Veja a edição nº. 56 - Clique aqui!


Jornal Liberdade - Edição Nº. 55 
Fevereiro de 2012
Veja a edição nº. 55 - Clique aqui!

Jornal Liberdade - Edição Nº. 54
Especial de Fim de Ano - Dezembro de 2011

Veja a edição nº. 54 - Especial de Fim de Ano
Clique aqui! 


Jornal Liberdade - Edição Nº. 53
Novembro de 2011
Veja a edição nº. 53 - Clique aqui!



Jornal Liberdade - Edição Nº. 52 - Outubro de 2011
Veja a edição nº. 52 - Clique aqui!


Jornal Liberdade - Edição Nº. 51 - Setembro de 2011

Veja a edição nº. 51 - Clique aqui!



Jornal Liberdade - Edição Nº. 50 do melhor jornal de Salto de Pirapora em 2011
Veja a edição nº. 50 - Clique aqui!



Jornal Liberdade - Edição Nº. 49 - Salto de Pirapora 105 anos - Junho de 2011 

Veja a edição nº. 49 - Salto de Pirapora 105 anos - Clique aqui!


Jornal Liberdade - Edição Nº. 48 - Abril de 2011


Veja a edição nº. 48 - Clique aqui!

Jornal Liberdade - Edição Nº. 47 - Março de 2011


Baixe a versão em arquivo pdf  da edição nº. 47 - Clique aqui!

Imagem exemplo do site de hospedagem do arquivo em PDF na internet
 
Jornal Liberdade - Edição Nº. 46 - Fevereiro de 2011


Clique no link para ver o jornal em arquivo pdf: http://www.mediafire.com/?13b7vnhj2dzzz59

Jornal Liberdade - Edição Nº. 45



Clique no link para ver o jornal em arquivo pdf:http://www.mediafire.com/?rk0jz9dt9g296rh


Jornal Liberdade - Edição Nº. 44 - Outubro de 2010


Clique no link para ver o jornal em arquivo pdf: http://www.mediafire.com/?0mwukasn5m412lg


Jornal Liberdade - Edição Nº. 43


Clique no link para ver o jornal em arquivo pdf: http://www.mediafire.com/?fitv3tuqvos1rz2


Jornal Liberdade - Edição Nº. 42


Clique no link para ver o jornal em arquivo pdf: http://www.mediafire.com/?osi0v3t0yspdyzq



Jornal Liberdade - Edição Nº. 41


Clique no link para ver o jornal em arquivo pdf: http://www.mediafire.com/?8lebeuu5c230922

Jornal Liberdade - Edição Nº. 40


Clique no link para ver o jornal em arquivo pdf: http://www.mediafire.com/?fx646btcpu44owg

Jornal Liberdade - Edição Nº. 39


Clique no link para ver o jornal em arquivo pdf: http://www.mediafire.com/?9kver3jtvy78hof

Arquivo

Top 10 - Fatos e acontecimentos