quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Polícia de Serra cerca casa de Netinho sem mandado







Aloisio Nunes, candidato de Serra, está atrás de Netinho nas pesquisas



O Conversa Afiada reproduz post do Viomundo, do Azenha:

Polícia paulista dispara bala de prata em Netinho

Netinho é alvo de blitze por suspeita de fraude

AE – Agência Estado

A Polícia Civil de São Paulo fez uma varredura na casa do candidato ao Senado Netinho de Paula (PC do B), na manhã de ontem, para apurar denúncias de fraude nos bens declarados por ele à Justiça. Netinho se tornou alvo de investigação criminal aberta na Promotoria Eleitoral de Barueri, na Grande São Paulo, após denúncia de que ele não teria declarado a casa onde mora com os filhos no condomínio Alphaville 8.

Dois investigadores e um perito criminal vasculharam e fotografaram a parte externa, a piscina, o campo de futebol e o salão de festas, mas foram impedidos de entrar por um dos filhos de Netinho. O candidato não estava em casa. Segundo o advogado de Netinho, Alexandre Rollo, os policiais não tinham mandado de busca. O procedimento criminal para “apuração ?em tese? da infração do artigo 350 do Código Eleitoral (omissão de bens)” foi aberto pela promotora eleitoral da 386.ª zona, Bárbara Valéria Cury e Cury.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o motivo da visita foi fotografar a casa, objeto da denúncia, um procedimento rotineiro. Mas a coordenação da campanha promete entrar com representação na corregedoria da Polícia Civil contra o delegado Francisco José Alves Cardoso, do 2.º DP de Barueri.

“A ação da polícia é inaceitável. Para averiguar fraude, a primeira providência é sempre chamar o acusado para prestar esclarecimentos, o que não ocorreu. Houve, claramente, desvio de conduta, invasão de domicílio, constrangimento e abuso de autoridade por parte dos policiais”, defende a presidente estadual do partido, Nádia Campeão, que insinuou haver motivação eleitoral por trás das denúncias. Ontem, os vereadores da bancada, liderada pelo PT, protestaram contra a ação da polícia e o posicionamento da Justiça. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

PS: Fiquem de olho para descobrir onde as fotos feitas pela polícia paulista vão aparecer…

Enquanto isso...



Na Declaração de Bens que Zé Chirico entregou ao Tribunal Superior Eleitoral não se faz menção à nababesca residência em que vive o tucano, no Alto de Pinheiros, bairro nobre da zona oeste paulistana.

Como se sabe, o candidato do PSDB à presidência da República é morador de um palacete situado na rua Antônio de Gouveia Giudice, na região conhecida pelo ostentoso luxo das residências e pelo altíssimo padrão de vida de seus habitantes. Ali, os imóveis mais modestos raramente custam menos de R$ 2 milhões.


Comenta-se que o verdadeiro dono da aparatosa moradia seria ninguém menos que um certo Gregório Marin Preciado, espanhol naturalizado brasileiro, casado com a prima de José Serra, Vicencia Talan Marin.

Serra, em sociedade com sua filha Verônica, teve uma empresa de consultoria denominada ACP Análise da Conjuntura Econômica e Perspectivas Ltda. O negócio sempre funcionou no prédio da empresa Gremafer, especializada em trambiques (Rua Simão Álvares, 1020, Pinheiros, São Paulo), de propriedade de Gregório Preciado. Curiosamente, por ocasião da campanha presidencial de 2002, o tucano “esqueceu” de declarar a empresa entre seus bens, fato que obrigou o advogado Arnaldo Malheiros a divulgar uma enroladíssima nota à imprensa, como se pode ler no site Universo Jurídico.

Nessa mesma nota, o causídico apressou-se em dar explicações sobre “a casa em que o casal reside em São Paulo”, que, segundo ele, “é de propriedade de sua filha, Verônica Allende Serra, que a adquiriu em 2001, como declarou à Receita Federal neste ano. Ela teve rendimentos declarados à Receita Federal nos dois últimos anos-bases, em valor bem superior ao pago pelo imóvel, conforme documentos em meu poder”.

Neste momento, é grande a expectativa no esconderijo de Serra para a chegada da equipe da Polícia Civil de São Paulo, com investigadores e peritos criminais, para execução de “varredura” idêntica à procedida pelo esquadrão na casa do candidato do PC do B ao Senado, Netinho de Paula, acusado de “fraude” na sua declaração de bens.

By: Cloaca News
 
http://contextolivre.blogspot.com/2010/09/policia-de-serra-cerca-casa-de-netinho.html?utm_term=%23LULA+%23DILMA+%23SERRA&utm_content=%23LULA++%23DILMA+%23SERRA&utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter&utm_campaign=%23LULA+%23DILMA+%23SERRA

TV TEM em Salto de Pirapora

http://tn.temmais.com/noticia/5/24603/confira_os_destaques_do_tem_noticias.htm


http://tn.temmais.com/noticia/5/24716/confira_os_destaques_do_tem_noticias.htm

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Veja quem é contra os direitos dos Trabalhadores do Brasil

 O Fato "a votação" ocorreu no ano de 2002 antes de Lula ganhar a eleição para Presidente do Brasil e tomar posse como Presidente da República em Janeiro de 2003.
Graças a Deus não conseguiram a aprovação desse projeto.


Clique na imagem para ampliar
 

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Projeto do IPTU 2011 para Salto de Pirapora

Acompanhe o novo projeto onde foi realizada auditoria para projeção de cobrança dos valores do IPTU 2011 de Salto de Pirapora.
O projeto aponta aumento de valores no valor venal do carnê de IPTU - e serão cobrado os valores expressos em R$ para o metro quadrado m2 das residencias.

Faltando apenas aprovação da maioria dos vereadores em Sessão na Câmara Municipal de Salto de Pirapora.

* Lembrando que é apenas um projeto, ainda não vale, somente após aprovação na Câmara Municipal de Salto de Pirapora.

* Cada rua e cada bairro da cidade possui um determinado valor a ser cobrado.


Clique na imagem para ampliar

Clique aqui no link abaixo, veja o vídeo e relembre o que aconteceu este ano sobre o assunto Prefeitura Municipal de Salto de Pirapora cobra IPTU abusivo sendo obrigado a devolver o valor cobrado indevidamente:
http://tn.temmais.com/noticia/5/5267/

Acesse também: www.saltodepiraporamais.com.br/jornalliberdade e relembre as matérias sobre o IPTU abusivo.

domingo, 12 de setembro de 2010

Movimento Voto Consciente

Clique no título da matéria ou no link abaixo e acesse o site Movimento Voto Consciente

http://www.votoconsciente.org.br/site/

                                                        Clique na imagem para ampliar

www.saltodepiraporamais.com.br/jornalliberdade

Matéria do jornal Liberdade de Setembro de 2010

Clique na imagem para ampliar

STJ obriga e o governador Geraldo Alckmin (PSDB) realiza a recuperação da rodovia SP264 que liga Pilar do Sul a Sorocaba

Acatando decisão do STJ - Superior Tribunal de Justiça, em Brasília, o governo do estado de São Paulo finalmente realizou a recuperação total da rodovia Francisco José Ayub, a SP264, trecho entre Pilar do Sul e Salto de Pirapora.


A obra, um anseio da sociedade havia muitos anos, acabou sendo realizada depois de intensa batalha judicial travada entre o governo do estado e o ministério público do estado de São Paulo, em meados de 2005. O promotor de justiça Dr. Flávio Eduardo Turesi, quando atuou no Fórum em Pilar do Sul, não se conformou com o estado de abandono e as péssimas condições de tráfego além do descaso que o governo do estado e o DER-SP - Departamento de Estradas de Rodagem tratavam a nossa região e entrou com uma ação civil pública obrigando a administração pública a promover a recuperação e manutenção desta rodovia para garantir condições mínimas indispensáveis à segurança de veículos, motoristas e passageiros que utilizam esta rodovia. Em Pilar do Sul, o juízo da Vara Distrital local não acolheu o pedido liminar.

O MP, então, entrou com Agravo de Instrumento, que foi deferido pelo Tribu-nal de Justiça de São Paulo, na capital, que determinou ao governo do Estado a recuperação imediata da SP264 num trecho de 30 quilômetros entre Sorocaba e Pilar do Sul, no sudoeste paulista. O tribunal fixou multa diária de R$ 6.650,00 se o trabalho não fosse iniciado imediatamente. O governo do estado e o DERSP recorreram ao STJ, em Brasília, pedindo a suspensão da decisão com o argumento de que a ordem comprometia seu orçamento e que era iminente o risco à ordem e à economia pública.

O ministro Edson Vidigal, presidente do Superior Tribunal de Justiça, à época, não acolheu pedido de liminar do DER-SP, que pedia a suspensão das obras. O ministro Vidigal afirmou não ter visto interesse público ameaçado. “Ao contrário. vejo, sim, na decisão atacada, nítida intenção de evitar que continuem a ocorrer acidentes automobilísticos freqüentemente ocorridos nestas localidades, garantindo segurança à população que se utiliza dos trechos rodoviários”, destacou.
Rodovia João Leme dos Santos - SP-264, Sorocaba á Salto de Pirapora

A decisão final saiu em 2006 e o governador Geraldo Alckmin (PSDB), então, foi obrigado a incluir a obra no pacote de estradas que pretendia recuperar. O investimento foi de cerca de R$ 13 milhões. E a obra ganhou recapeamento, acostamento, guarda lateral, terceira faixa e em alguns pontos, até quarta faixa. Agora quando o motorista trafega pela estrada demora a acreditar que realmente está se dirigindo a Pilar do Sul. Mas, como estamos em um ano pré-eleitoral, já começaram aparecer os ‘pais da criança’.

Diversos políticos e seus correligionários se apressaram em querer convencer a população que foi este ou aquele deputado que conseguiu a obra para a cidade. Inclusive algumas faixas de agradecimento a políticos foram colocadas ao lado da rodovia. Na realidade, ao longo destes mais de 10 anos de descaso, todos os deputados, prefeitos, políticos (ou não) intercederam junto ao governo do estado, do PSDB, pela obra, em vão.

A verdade sobre a recuperação da SP-264 é esta. Foi necessário o Ministério Público, através do promotor Dr º Flávio Eduardo Turesi, ingressar com uma ação civil pública para que o governador Geraldo Alckmin (PSDB), à época, iniciasse a obra, não sem antes recorrer ao STJ – Superior Tribunal de Justiça, em Brasília, contra a obrigação de recuperar a rodovia. Agora, resta saber até quando a nova estrada irá aguentar o tráfego de caminhões e veículos pesados, principalmente com carga de eucalipto.

http://jornalvaledasnascentes.blogspot.com/2009/10/obrigado-dr-flavio-turesi.html
Clique aqui no link ou no título da matéria



DEPOIS DISSO DÁ PARA VOTAR EM GERALDO ALCKMIN PARA GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO? PARA REPRESENTAR A NOSSA REGIÃO.

Sobre as obras do Pró-Vicinais para os bairros, Barra, Piraporão e Itinga


Os investimentos para recuperação de estradas vicinais de Salto de Pirapora, a exemplo a estrada vicinal Roque de Barros Leite, bairro da Barra e a estrada vicinal do Piraporão, que passa pelo bairro São Manoel, e a estrada vicinal entre o bairro Itinga e o bairro Jundiaquara, recebem investimentos através do Governo Federal.


Dos empréstimos autorizados pelo governo Lula, mais de R$ 7,7 bilhões serão para obras do Programa “Expansão São Paulo”, para ampliação e melhoria do transporte metroviário e ferroviário na Região Metropolitana, a cargo do Metrô e da CPTM. Outros R$ 1,4 bilhão irão para melhoria das estradas, sendo cerca de R$ 720 milhões para melhoria das rodovias e mais R$ 660 milhões para obras e melhorias das estradas vicinais.

Vicinal Roque de Barros Leite, estrada do bairro Netinho/Barra
Quase R$ 2,8 bilhões serão aplicados em obras de saneamento básico da Sabesp, R$ 835 milhões para obras de recuperação ambiental e outros R$ 320 milhões para obras de combate a enchentes. Diferentemente do governo FHC, o governo Lula tem autorizado os estados a contraírem novos empréstimos para execução de projetos e investimentos necessários ao desenvolvimento.

Fonte: Bancada do PT na Assembléia Legislativa de São Paulo, informações completas no site: http://www.ptalesp.org.br/bancada_ver.php?idBancada=2206

Arquivo

Top 10 - Fatos e acontecimentos